Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 acompanha perdas na Europa com 17 títulos no vermelho

A bolsa nacional acompanhou hoje as quedas dos principais mercados accionistas europeus e norte-americanos, num dia em que foram divulgados vários indicadores negativos para a economia dos Estados Unidos. O PSI-20 perdeu 0,66%, com 17 títulos no vermelho. A Portugal Telecom limitou as quedas do índice ao subir perto de 2%.

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 01 de Julho de 2010 às 16:49
  • Partilhar artigo
  • ...
A bolsa nacional acompanhou hoje as quedas dos principais mercados accionistas europeus e norte-americanos, num dia em que foram divulgados vários indicadores negativos para a economia dos Estados Unidos. O PSI-20 perdeu 0,66%, com 17 títulos no vermelho. A Portugal Telecom limitou as quedas do índice ao subir perto de 2%.

O principal índice da bolsa nacional caiu para os 7.019,28 pontos, tendo quebrado a barreira dos sete mil pontos durante a sessão. 17 títulos fecharam em queda e três em alta.

À excepção da Grécia, que subiu hoje mais de 1%, os mercados europeus e norte-americanos recuam mais de 1% e 2% penalizados indicadores económicos negativos para os Estados Unidos. O índice de produção industrial norte-americano caiu mais do que o esperado, enquanto a venda de casas em segunda-mão perdeu mais de 30% em Maio.

Hoje foi ainda divulgado que o número de norte-americanos que se candidatou ao subsídio de desemprego aumentou inesperadamente na semana passada, um sinal de que a retoma do mercado de trabalho poderá estar a abrandar.

Na semana terminada a 26 de Junho, os novos pedidos de subsídio de desemprego subiram em 13.000, para 472.000, revelou o Departamento norte-americano do Trabalho.

A bolsa nacional não escapou às quedas das congéneres europeias mas, ainda assim, foi o único mercado que caiu menos de 1% devido à subida das acções da Portugal Telecom. Depois da forte queda registada ontem na sequência do veto do Governo à proposta da Telefónica para comprar a Vivo, as acções da operadora portuguesa recuperaram terreno e fecharam a sessão a subir 1,93% para os 8,338 euros. Na sessão de hoje foram negociados mais de 10 milhões de títulos da Portugal Telecom.

Ainda no sector das telecomunicações, a Zon Multimédia subiu 0,25% para os 3,19 euros e a Sonaecom recuou 0,22% para os 1,378 euros.

Do lado das quedas, um dos sectores mais penalizado foi o da banca, com o BCP a liderar as quedas. O banco liderado por Carlos Santos Ferreira perdeu 2,26% para os euros, com mais de 37 milhões de títulos negociados, enquanto o BPI recuou 2,16% para os 1,498 euros.

Os títulos do Banco Espírito Santo perderam 0,89% para os 3,221 euros. Fora do PSI-20, o Banif caiu 3,66% para os 0,79 euros.

Em forte queda voltou a estar novamente o sector da construção. A Mota-Engil perdeu 1,26% para os 2,113 euros e, fora do PSI-20, a Soares da Costa e a Teixeira Duarte, caíram 3,41% e 3,06%, respectivamente.

A Brisa voltou a ser uma das empresas do PSI-20 que mais desvalorizou, ao perder 2,81% para os 4,835 euros. A empresa tem sido penalizada pelo adiamento da introdução de portagens nas Scut.

Na energia, a EDP caiu 0,61% para os 2,425 euros e a EDP Renováveis perdeu 2,03% para os 4,734 euros.

Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal
Ver comentários
Outras Notícias