Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 afunda mais de 1,5% em dia negativo para as bolsas internacionais

A praça nacional encerrou a negociar em terreno negativo, com apenas três títulos em alta- Galp, PT Multimédia e Impresa. Os títulos da banca e da EDP foram os que mais pressionaram o PSI-20 que desceu 1,73%. A Portucel caiu mais de 6% no dia em que entro

Raquel Godinho rgodinho@negocios.pt 13 de Dezembro de 2007 às 16:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A praça nacional encerrou a negociar em terreno negativo, com apenas três títulos em alta- Galp, PT Multimédia e Impresa. Os títulos da banca e da EDP foram os que mais pressionaram o PSI-20 que desceu 1,73%. A Portucel caiu mais de 6% no dia em que entrou em "ex-dividendo"

O PSI20 [PSI20] perdeu 1,73% para os 12.835,53 pontos, com três títulos em alta, 16 em queda e um inalterado, enquanto os restantes índices europeus perderam entre 1,62 e 2,65%, as maiores quedas em três semanas influenciados pelos receios de que as medidas tomadas em conjunto pelos bancos centrais não sejam suficientes para prevenir um abrandamento económico.

A Portucel [PTCL], que negoceia sem direito a dividendo a partir de hoje, deslizou 6,75% para os 2,35 euros. A empresa vai pagar um dividendo antecipado de 7 cêntimos a partir de 18 de Dezembro.

A petrolífera Galp Energia [GALP PL] voltou a ser um dos destaques positivos da sessão ao valorizar 0,46% para os 15,43 euros, depois de fixar um novo recorde histórico nos 15,75 euros, ainda a reflectir o "research" do UBS.

Este banco sublinha a perspectiva de novas descobertas petrolíferas no Brasil, mais significativas do que a do Tupi Sul, onde a Galp (com a Petrobrás e a BG Group) realizou uma importante descoberta petrolífera que levou o título a registar fortes subidas, nas últimas sessões.

Também a Impresa [IPR] subiu 2,75% para os 2,24 euros animada com a notícia de que Nuno Santos será o novo director da SIC, enquanto a PT Multimédia [PTM] ganhou 0,11% para os 9,52 euros na sequência das metas estratégicas entre 2008 e 2010, que englobam um programa de recompra de acções próprias de até 10% do capital, e da revisão em alta do preço-alvo para as suas acções pela Lisbon Brokers de 14,80 para 15,00 euros.

No lado oposto, está a banca que acentuou as quedas do início da sessão. O BPI [BPIN], que tocou num mínimo desde Março de 2006 nos 5,25 euros, perdeu 3,49% para os 5,25 euros, o BES [BESNN] caiu 1,90% para os 15,50 euros e o Millennium bcp [BCP] desvalorizou 4,86% para os 2,74 euros, mínimo desde o início de Abril.

O empresário Joe Berardo é hoje recebido pelo Procurador-Geral da República, Pinto Monteiro, a fim de apresentar provas de alegadas irregularidades no Banco Comercial Português.

A Energias de Portugal [EDP] desceu 1,74% para os 4,52 euros. Foi hoje conhecido que a Parpública vai avançar com a emissão de obrigações susceptíveis de permuta por acções da empresa, pelo que serão privatizadas acções representativas de 4,144% do capital da eléctrica e as obrigações terão uma maturidade de seta anos, pagando um juro anual entre 2,75% e 3,25%. O preço será fixado hoje, sendo que o preço de conversão terá um prémio entre 45% e 50%.

Também a Portugal Telecom [PTC] contribui para as perdas do índice e perdeu 0,43% para os 9,16 euros. A Anacom comunicou, esta manhã, que a empresa liderada por Henrique Granadeiro voltou a perder quota na rede fixa no terceiro trimestre, para 72,8% do total dos acessos instalados a pedido de clientes devido à maior concorrência por parte de outros operadores.

A Brisa [BRISA] cedeu 0,50% para os 9,99 euros indiferente à revisão em alta do preço-alvo para as suas acções pela Lisbon Brokers para 11,00 euros por acção na sequência da apresentação dos resultados trimestrais e do Dia do Investidor, considerando que a concessionária de auto-estradas vai beneficiar de uma componente especulativa em 2008.

Com subidas acima de 2% encerraram a Mota-Engil [EGL], a Altri e a Sonae Indústria [soni] que desceram, respectivamente, 2,62% para os 5,21 euros, 2,23% para os 5,69 euros e 3,48% para os 7,22 euros.

Mais lidas
Outras Notícias