Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 desce mais de 1% e quebra barreira dos 6.000 pontos

Sentimento nas bolsas volta a ser bastante negativo, com os investidores a temerem uma recessão mundial.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 19 de Agosto de 2011 às 08:16
A bolsa portuguesa abriu em queda no final da semana, seguindo a tendência das restantes praças europeias.

O PSI-20, que ontem fechou a cair mais de 4%, desce 1,71% para 5.924,90 pontos, com 16 cotadas em queda, duas em alta e duas sem variação.

As bolsas estão assim a prolongar o dia de fortes quedas vivido ontem, com os índices a fecharem em queda acima de 3% nos dois lados do Atlântico.

Na abertura de hoje, as bolsas de Paris e Amesterdão cedem já mais de 2%, com os investidores receosos com o cenário de uma nova recessão mundial e com a saúde do sistema financeiro, sobretudo na Europa, onde a crise da dívida soberana não acalma.

A Galp Energia, depois do tombo acima de 6% verificado ontem, volta a ser a cotada que mais pressiona o PSI-20, com uma queda de 2,05% para 12,91 euros.

O sector na Europa está em queda, numa sessão em que o petróleo desce mais de 1% nos mercados internacinoais.

O sector financeiro volta também a registar quedas acentuadas, depois de ontem ter atingido mínimos. O BCP cai 1,19% para 0,25 euros, o BES desce 1,04% para 2,187 euros e o Banco BPI desvaloriza 2,17% para 0,768 euros.

Entre os restantes pesos pesados, a EDP desce 1,07% para 2,043 euros, a Jerónimo Martins desvaloriza 2,78% para 12,755 euros e a Portugal Telecom cai 0,97% para 5,691 euros.
Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio