Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 encerra a ganhar quase 1% impulsionado pela EDP e Jerónimo Martins

A bolsa nacional encerrou a sessão a valorizar, animada pela retalhista Jerónimo Martins e pelo sector energético. As congéneres europeias oscilam entre os ganhos e as perdas.

Andreia Major amajor@negocios.pt 04 de Julho de 2011 às 16:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
O índice português fechou a sessão a ganhar 0,91% para 7.399,57 pontos, com 16 cotadas em alta e apenas quatro cotadas em terreno negativo.

A Europa não apresentou uma tendência definida ao longo do dia, movimentando-se entre ganhos e perdas.

A aprovação da quinta tranche de ajuda financeira à Grécia esteve a animar os mercados europeus e a ajudar à consolidação dos ganhos.

Por cá, as cotadas que mais contribuíram para a subida do índice foram a Jerónimo Martins e a EDP. A retalhista ganhou 1,43% para 13,48 euros, e a empresa de energia liderada por António Mexia avançou 1,52% para 2,534 euros.

Ainda no sector das energias, a tónica geral também foi de ganhos. A
EDP Renováveis subiu 1,16% para 4,63 euros, ao contrário da REN que depreciou 0,12% para 2,437 euros. A Galp Energia avançou 0,03% para 16,255 euros.

A petrolífera liderada por Ferreira de Oliveira negoceia perto do máximo de Maio de 2008 atingido na semana passada nos 16,97 euros, depois de ter sido divulgado pelo BG Group que as reservas petrolíferas detidas na Bacia de Santos, onde a Galp também está presente, são superiores ao esperado.

Do lado dos ganhos esteve também a Portugal Telecom, que valorizou 0,96% para 6,92 euros, e a Cimpor, que acelerou 3,45% para 5,483 euros.

Destacaram-se ainda a Sonae, que subiu 0,96% para 0,737 euros, e a Sonae Indústria, com um ganho de 1,7% para 1,374 euros. A Sonaecom cresceu 1,19% para 1,529 euros.

A travar maiores avanços esteve a
Brisa, que caiu 1,68% para 4,09 euros.

O
BCP também fechou do lado vermelho, a recuar 0,25% para 0,401 euros, em contra-ciclo com o restante sector da banca em que a tendência foi positiva. O BES avançou 0,95% para 2,65 euros, a par do BPI que ganhou 1,18% para 1,028 euros. O Banif registou um acréscimo de 4,57% para 0,663 euros.

A
Mota-Engil fechou a sessão a desvalorizar 0,32% para 1,566 euros.
Ver comentários
Saber mais PSI-20 EDP sector energético Jerónimo Martins
Outras Notícias