Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 encerra a subir 0,41% impulsionado por PT e BCP (act)

A bolsa nacional encerrou a ganhar 0,41% com os títulos da Portugal Telecom (PT) e BCP a serem os principais responsáveis pela subida. Em dia de feriado nacional o PSI-20 primou pela baixa liquidez, à qual os títulos da operadora foram excepção.

Joaquim Madrinha 15 de Agosto de 2003 às 17:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A bolsa nacional encerrou a ganhar 0,41% com os títulos da Portugal Telecom (PT) e BCP a serem os principais responsáveis pela subida. Em dia de feriado nacional o PSI-20 primou pela baixa liquidez, à qual os títulos da operadora foram excepção.

A Euronext Lisbon encerrou a ganhar 0,41% para os 5.858,20 pontos com doze títulos a ganhar valor, um a perder e sete inalterados.

As acções da Portugal Telecom (PT) foram as que mais contribuíram para os ganhos alcançados pelo índice. Os títulos da incumbente encerraram a subir 0,8% para os 6,29 euros depois de terem estado a subir mais de 3%. Num dia de fraca liquidez, devido ao feriado, as acções da PT foram a excepção à falta de liquidez tendo sido transaccionados mais de 6,4 milhões de títulos.

Na banca, o Banco Comercial Português (BCP) [BCP] encerrou com um ganho de 0,66% a marcar 1,52 euros, embora tenham sido negociados pouco mais de 676 mil títulos da instituição.

O Banco BPI [BPIN] terminou a sessão com uma ganho de 0,83%, a cotar nos 2,44 euros enquanto o Banco Espírito Santo (BES) [BESN] manteve-se inalterado nos 12,75 euros.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] ficou inalterada nos 1,94 euros.

Também a contribuir para os ganhos do principal índice nacional estiveram os títulos da PT Multimédia [PTM]. A participada da PT encerrou a sessão a marcar 14,13 euros, materializando uma valorização de 1,87%.

No grupo de Belmiro de Azevedo, a Sonae [SON] fechou inalterada nos 0,47 euros enquanto a SonaeCom [SNC] ganhou 0,52% para os 1,92 euros.

A Brisa [BRISA] perdeu 0,20% e encerrou nos 4,99 euros.

As acções da Novabase [NBA] subiram 2,75% para os 5,60 euros, embora tenham sido negociadas apenas 1.867 acções.

Outras Notícias