Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 perde 2,8% com 17 cotadas no vermelho

A praça de Lisboa fechou em terreno negativo pela quinta sessão consecutiva. Num dia negro para todos os mercados europeus e norte-americanos, o PSI-20 desvalorizou 2,8% com todas as cotadas no vermelho.

A carregar o vídeo ...
  • Assine já 1€/1 mês
  • 107
  • ...
O principal índice da bolsa nacional perdeu esta segunda-feira, 8 de Fevereiro, 2,8% para 4.771,34 pontos. Com todas as cotadas em terreno negativo, o PSI-20 acompanhou o sentimento dos principais mercados europeus. A praça espanhola perdeu mais de 4%, a francesa, a alemã e a holandesa mais de 3% e a grega registou a maior queda, ao desvalorizar 10,21%.

Estas quedas reflectem os receios dos investidores em relação ao desempenho da economia mundial, num momento em que aumentaram os riscos de recessão e de deflação, alerta François Savary, analista da Prime Partners, citado pela Bloomberg.

A agência noticiosa recorda que, na semana passada, as bolsas também tiveram um desempenho negativo explicado, em grande parte, pela evolução dos preços do petróleo, pelos resultados das empresas e pelas preocupações em torno da economia chinesa e norte-americana.

Esta segunda-feira, o instituto alemão Sentix informou no seu relatório mensal que o índice que mede o sentimento dos investidores caiu em Fevereiro para o valor mais baixo em mais de um ano. As expectativas dos investidores sobre a Zona Euro e a economia internacional tocaram novos mínimos. O sentimento negativo é justificado pela acção da Reserva Federal norte-americana e pela queda do petróleo.

Na bolsa de Lisboa, as quedas oscilaram entre os 0,88% da Mota-Engil e os 7,11% da Altri. A Mota-Engil, a Galp Energia e o Banco BPI foram as únicas cotadas com quedas inferiores a 1%. 


O Banco Comercial Português perdeu 1,32% para 3,73 cêntimos. No sector da energia, a EDP caiu 2,73% para 2,996 euros e a Renováveis recuou 1,79% para 6,60 euros. 

A Galp chegou a subir 1% no início da sessão em reacção aos resultados de 2015 mas fechou o dia a perder 0,91% para 10,85 euros. 

A construtora Mota-Engil também chegou a negociar em terreno positivo depois de o CaixaBI ter subido o preço-alvo da cotada para 3,10 euros. A empresa acabou por fechar o dia em terreno negativo mas, ainda assim, registou a menor queda do PSI-20.

 

(Notícia actualizada às 17:11)
Ver comentários
Saber mais bolsa de Lisboa PSI 20 mercados banca Galp Energia BCP Jerónimo Martins
Mais lidas
Outras Notícias