Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 regista primeira semana negativa em 2009

Apesar dos ganhos registados nas duas últimas sessões da semana, o PSI-20 não evitou a queda na semana, a primeira desde a entrada no novo ano. O índice principal da bolsa de Lisboa recuou 2,22%, numa semana que fica marcada pela desvalorização acentuada das acções da Brisa.

Paulo Moutinho 16 de Janeiro de 2009 às 19:17
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Apesar dos ganhos registados nas duas últimas sessões da semana, o PSI-20 não evitou a queda na semana, a primeira desde a entrada no novo ano. O índice principal da bolsa de Lisboa recuou 2,22%, numa semana que fica marcada pela desvalorização acentuada das acções da Brisa.

Os receios de que a Privado Holding, que controla a totalidade do BPP, continue a desfazer-se da posição que detém na concessionária, castigaram o título que afundou 13,88% em apenas cinco sessões. No fecho da sessão de hoje, a última da semana, cada acção da empresa liderada por Vasco de Mello valia 4,79 euros.

A Brisa não foi caso único. A maioria das cotadas do PSI-20 recuou, na semana, incluindo alguns dos “pesos pesados”, como a Portugal Telecom e o BCP, assim como a generalidade dos títulos da banca, numa semana de notícias negativas para o sector financeiro. Hoje, o Citigroup e o Bank of America apresentaram prejuízos. O Barclays afundou mais de 25%.

A Galp Energia perdeu pouco mais de 2%. A queda acentuada dos preços do petróleo penalizou a cotação das acções da empresa liderada por Ferreira de Oliveira. Hoje, o CaixaBI cortou a avaliação para 13,30 euros, mas sublinhou que os títulos da Galp estão “atractivos” e que “não incorporam o valor da unidade de exploração de petróleo”.

Ainda no sector energético, a EDP contrariou a movimentação das principais cotadas da bolsa de Lisboa e evitou “males maiores” para o PSI-20. A EDP Renováveis liderou as subidas na semana ao acumular um ganho de 3,23%, fruto da forte subida na sessão de hoje.

No acumulado do ano, a valorização ascende a 14,93% o que coloca a empresa liderada por Ana Maria Fernandes no topo dos ganhos do PSI-20 em 2009, seguida pela Sonae SGPS e a Sonaecom, com subidas de 14,42% e 8,26%, respectivamente.

Forte ganho registou também a Jerónimo Martins, mas na sessão de ontem. As acções da retalhista dispararam quase 11%, após ter revelado um crescimento de quase 29% nas vendas. A queda nas sessões anteriores, e na de hoje, reduziu, contudo, o ganho na semana a pouco mais de 0,5%.



Ver comentários
Outras Notícias