Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 segue em terreno negativo e acompanha sentimento europeu

O principal índice da praça de Lisboa segue em terreno negativo, num dia em que a Europa está também regista desvalorizações. Na sessão desta segunda-feira, no PSI-20, há, no entanto, cinco cotadas que já tocaram máximos.

Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 02 de Dezembro de 2013 às 12:26
  • Assine já 1€/1 mês
  • 17
  • ...

O PSI-20 segue a desvalorizar 0,34% para os 6.515,68 pontos com 14 empresas a negociar em terreno negativo e seis em terreno positivo.

 

Na Europa, o sentimento é maioritariamente negativo. As perdas vão desde a queda de 1,01% do índice italiano até aos 0,11% do índice holandês.

 

Por cá, a Portugal Telecom é um dos principais responsáveis pelo comportamento negativo do principal índice da praça de Lisboa, estando a cair 1,18% para 3,268 euros. No restante sector das telecomunicações a tendência é a oposta. A Zon Optimus, que já negociou nesta sessão em máximos do primeiro semestre de 2008, aprecia 0,79% para 5,38 euros e a Sonaecom, que também já negociou hoje no nível mais elevado desde 2008, segue a subir 0,39% para 2,551 euros.

 

No retalho, a Jerónimo Martins segue a perder 0,59% para 15,11 euros e a Sonae desvaloriza 0,55% para 1,091 euros.

 

Na banca, o BES e o Banif são os dois títulos que estão a negociar em queda. O BES perde 1,17% para 1,018 euros e o Banif tomba 5,10% para 0,0093 euros. Já o BCP, que negociou já na sessão desta segunda-feira no nível mais elevado desde o segundo semestre de 2011, soma 1,15% para os 0,1317 e o BPI aprecia 0,51% para 1,193 euros.

 

No sector da construção a sessão está a ser de ganhos. A Mota-Engil – que já negociou hoje em  máximos do segundo semestre de 2008 – sobe 3,47% para 4,595 euros. Fora do PSI-20, a Soares da Costa – que atingiu o valor mais elevado desde o primeiro semestre de 2012 na sessão desta segunda-feira - também acompanha esta tendência estando a valorizar 5,88% para 0,36 euros. Já a Teixeira Duarte dispara 7,87% para 0,96 euros. As empresas de construção continuam a brilhar em bolsa, com investidores a aplaudirem fortes resultados apresentados pelo sector, devido ao negócio em África.

 

No sector do papel, a Semapa, que negoceia em máximos do primeiro semestre de 2011,  aprecia 0,11% para 8,067 euros. Já a Altri cai 0,79% para 2,509 euros e a Portucel perde 0,35% para 2,88 euros.

 

Fora do PSI-20, a Sonae Capital, que negociou já na sessão de hoje em máximos do primeiro semestre de 2011, cai 2,70% para 0,36 euros.

 

A Martifer, que transacciona fora do principal indice da praça de Lisboa, esteve já na sessão de hoje a negociar em máximos do primeiro semestre de 2012, cai 1,22% para 0,81 euros.

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 banca Euronext
Mais lidas
Outras Notícias