Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 sobe 0,08% com BCP a contrariar quedas da PT e EDP (act)

O PSI-20 fechou a subir 0,08%, com a valorização de 1,15% do Banco Comercial Português a compensar as quedas da Portugal Telecom e da Electricidade de Portugal. A Jerónimo Martins registou a maior valorização do índice, ao somar 4,26%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 09 de Dezembro de 2003 às 17:06
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O PSI-20 fechou a subir 0,08%, com a valorização de 1,15% do Banco Comercial Português a compensar as quedas da Portugal Telecom e da Electricidade de Portugal. A Jerónimo Martins registou a maior valorização do índice, ao somar 4,26%.

O PSI-20 [psi20] fechou a valer 6.580,19 pontos, com oito empresas a subir, oito a descer e quatro inalteradas. Na Europa os ganhos foram de maior amplitude, numa sessão marcada por novo máximo do euro, os 10 mil pontos atingidos pelo Dow Jones e expectativa sobre a reunião da Reserva Federal.

A Portugal Telecom [PTC] continua a ser pressionada pelas recomendações menos positivas de casas de investimento internacionais. Depois da UBS ter cortado a recomendação da empresa nacional para «neutral 2», ontem o HSBC baixou o «rating» da operadora para «reduzir», diminuindo o preço-alvo para 7,76 euros.

A empresa de telecomunicações depreciou 1,04% para os 7,60 euros, acumulando a quarta sessão consecutiva de quedas.

A Electricidade de Portugal [EDP] corrigiu parte dos ganhos de ontem, verificando uma depreciação de 0,49% para os 2,05 euros. A HidroCantábrico, participada da EDP, e a Caja Madrid prevêem investir, até 2007, 733 milhões de euros em projectos de energia renovável.

Ainda a corrigir as valorizações de ontem, a Sonae SGPS [SON] depreciou 1,45% para os 0,68 euros e a Portucel baixou 0,71% até aos 1,39 euros. A Portucel [PTCL] adjudicou à Jaakko Poyry um estudo de pré-engenharia para a instalação de uma nova máquina de papel em Setúbal, cuja conclusão está prevista para Maio de 2004 e deverá garantir à papeleira uma quota de 20% na Europa em 2010.

A impulsionar o índice nacional as acções do Banco Comercial Português [BCP] apreciaram 1,15% para os 1,76 euros, enquanto os títulos do BPI cresceram 0,37% para os 2,71 euros. O «Diário Económico» noticiou hoje que o BCP vai acompanhar um aumento de capital do Sabadell para comprar o Atlántico, caso seja o comprador do oitavo maior banco espanhol.

Ainda a explicar a subida do PSI-20, as acções da Brisa [BRISA] somaram 0,57% para os 5,29 euros e a Jerónimo Martins [JMAR] aumentou 4,26% para os 9,80 euros, no maior ganho do índice.

Outras Notícias