Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 sobe pela primeira vez em quatro sessões com Nos e Galp a animar

A bolsa nacional está em linha com as principais praças europeias, com a maioria das cotadas a negociar no verde. O BCP ganha mais de 2% e a Corticeira Amorim atingiu um novo máximo histórico.

Miguel Baltazar/Negócios
Rita Faria afaria@negocios.pt 28 de Setembro de 2016 às 11:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A bolsa nacional está a negociar em terreno positivo esta quarta-feira, 28 de Setembro, depois de três sessões consecutivas de perdas. O PSI-20 valoriza 0,77% para 4.555,62 pontos, com 12 cotadas em alta, duas em queda e quatro inalteradas.

Lisboa está em linha com as principais praças europeias, que seguem animadas pelas empresas produtoras de matérias-primas, sector automóvel e dos media. Também o sector financeiro segue com sinal verde, puxado pelas instituições italianas e pelo Deutsche Bank.

As acções do maior banco da Europa recuperam das fortes perdas das últimas sessões, reagindo positivamente à venda de activos no Reino Unido e à garantia do CEO, John Cryan, de que a possibilidade de realizar um aumento de capital não se coloca neste momento.   

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, ganha 0,65% para 342,41 pontos, com todas as praças do Velho Continente a negociarem em alta.

No plano nacional, as subidas estão a ser lideradas pela Galp Energia e pelas Nos, as duas cotadas que mais impulsionam o PSI-20. A operadora comandada por Miguel Almeida avança 1,56% para 6,109 euros, enquanto a Galp soma 1,05% para 11,57 euros.

Isto numa altura em que o petróleo regista ganhos em torno de 0,5% nos mercados internacionais, antes de ser conhecida a conclusão do encontro informal da OPEP na capital da Argélia.

Ainda no sector da energia, a EDP sobe 0,75% para 2,95 euros e a EDP Renováveis ganha 0,21% para 7,11 euros.

A contribuir para a subida do PSI-20 está também o BCP, que valoriza 2,67% para 1,54 cêntimos, depois de, em comunicado à CMVM, ter confirmado que vai avançar com a fusão das acções, mais um passo decisivo para a entrada da Fosun no capital do banco.

No restante sector, o BPI e o Montepio negoceiam inalterados em 1,13 euros e 45,3 cêntimos, respectivamente.

A Corticeira Amorim valoriza 0,56% para 8,749 euros, depois de ter tocado num novo máximo histórico esta manhã, nos 8,94 euros.

Do lado das descidas seguem apenas a Pharol, com um recuo de 0,41% para 24,3 cêntimos, e a REN, que desce 0,12% para 2,556 euros. 

Ver comentários
Saber mais Lisboa bolsa nacional Europa Stoxx600 banca Nos Galp BCP mercados bolsas PSI-20
Outras Notícias