Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 sobe quase 1% impulsionado pela forte subida do BCP

O PSI-20 acompanha a tendência positiva das principais praças europeias, impulsionado pelos ganhos de 4,5% do BCP. As acções do BPI continuam suspensas de negociação.

Bloomberg
Rita Faria afaria@negocios.pt 11 de Abril de 2016 às 10:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 9
  • ...

A bolsa nacional está a negociar em terreno positivo esta segunda-feira, 11 de Abril, pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a subir 0,9% para 4.902,09 pontos. Das 18 cotadas que formam o principal índice nacional, 16 estão em alta, uma em queda e uma inalterada.

Na Europa, os principais índices também seguem em terreno positivo, impulsionados pelas empresas produtoras de matérias-primas e pelo sector financeiro. Neste último, destacam-se os bancos italianos, como o Banco Popolare e o UniCredit, que registam ganhos superiores a 5%.

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, avança 0,64% para 333,98 pontos. A liderar os ganhos no Velho Continente está precisamente a bolsa italiana, que valoriza 1,28%, o espanhol IBEX, com uma subida de 0,95% e o português PSI-20.

Na bolsa nacional, o BCP é a cotada que mais contribui para os ganhos. As acções do banco liderado por Nuno Amado ganham, nesta altura, 4,55% para 3,45 cêntimos, depois de terem chegado a disparar mais de 7% esta manhã.

Já as acções do BPI foram suspensas pela CMVM, que aguarda esclarecimentos acerca do acordo alcançado entre os dois maiores accionistas do banco. Este domingo à noite, Isabel dos Santos e o CaixaBank "encerraram com sucesso as negociações" que permitem resolver o problema do BPI em Angola, segundo confirmou a instituição.

"O Banco BPI torna público ter sido informado pelo CaixaBank, S.A. e pela Santoro Finance – Prestação de Serviços, S.A. encerraram hoje com sucesso as negociações que os envolveram para encontrar uma solução para a situação de incumprimento pelo Banco BPI do limite de grandes riscos", adiantou a instituição liderada por Fernando Ulrich em comunicado publicado no site da CMVM.

A contribuir para a subida do PSI-20 estão também os CTT, que ganham 1,57% para 8,079 euros, e as cotadas do sector da energia.

A EDP valoriza 0,51% para 2,94 euros, a EDP Renováveis sobe 0,54% para 6,486 euros e a Galp Energia avança 0,14% para 10,965 euros, contrariando a descida dos preços do petróleo nos mercados internacionais.

A Nos, que foi incluída na lista de "balas de prata" do Haitong, avança 0,44% para 5,907 euros. 

Ver comentários
Saber mais Europa bolsa nacional BCP BPI mercados PSI-20
Mais lidas
Outras Notícias