Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 valoriza pela quarta semana consecutiva e fixa máximo de sete meses

A Euronext Lisbon registou a quarta semana consecutiva de ganhos, apoiada das subidas dos títulos da Impresa, Jerónimo Martins, Energias de Portugal e Sonae SGPS. O PSI-20 subiu 1,38% - o maior ganho semanal desde Setembro – e atingiu o valor de fecho mai

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 12 de Novembro de 2004 às 18:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Euronext Lisbon registou a quarta semana consecutiva de ganhos, apoiada das subidas dos títulos da Impresa, Jerónimo Martins, Energias de Portugal e Sonae SGPS. O PSI-20 subiu 1,38% - o maior ganho semanal desde Setembro – e atingiu o valor de fecho mais elevado desde 21 de Abril.

Desde o início do ano o índice está agora a valorizar 12,85%, sendo que não registava uma subida semanal superior desde o início de Setembro. Nas últimas cinco sessões, 12 títulos do PSI-20 [psi20] acumularam ganhos, dois ficaram com a cotação da sexta-feira anterior, com os restantes seis a perder valor. Nos mercados accionistas mundiais a semana foi marcada pela subida de juros da Reserva Federal, desvalorização dos preços do petróleo, que originaram ganhos nas principais bolsas.

Em Lisboa foi a Energias de Portugal [edp] que centrou quase todas as atenções, pois foi alvo de fluxo de notícias elevado, a maioria delas positivas para a empresa. Hoje iniciou a subscrição do aumento de capital, com a maioria dos principais accionistas a anunciar que participa na operação e o Governo aprovou na quinta-feira as compensações à eléctrica pelo fim dos Contratos de Aquisição de Energia.

A companhia liderada por João Talone avançou 3,25% na semana, apesar de hoje ter sido pressionada pelo início da negociação em bolsa dos direitos de subscrição do aumento de capital.

Mas o título do PSI-20 que mais subiu na semana foi a Impresa [ipr], com a companhia de Pinto Balsemão a beneficiar com a possibilidade de reforçar na SIC. A subida semanal foi de 7,71%, inferior ao registado só na sessão de hoje.

Ainda com ganhos acima de 3% na semana estiveram os títulos da Jerónimo Martins e Sonae SGPS [son], com a «holding» de Belmiro de Azevedo a atingir mesmo um máximo desde Março, devido às perspectivas favoráveis para os vários negócios da «holding».

As acções do Banco BPI [bpin], Media Capital [mcp] e Brisa [brisa] também impulsionaram o PSI-20, com a concessionária de auto-estradas a beneficiar do reforço da posição do Grupo José de Mello na concessionária de auto-estradas, para 30,87%. O Banco Comercial Português [bcp] cresceu 1,09% e o BES cedeu 0,37%.

A ParaRede [para] registou a maior queda (2,63%), com os investidores a reagirem aos resultados e à aquisição da Damovo. A Portugal Telecom [ptc], que caiu 0,11%, a Gescartão e a Cofina também pressionaram o índice.

Ver comentários
Outras Notícias