Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PT e Sonae SGPS sobem mais de 1% e impulsionam bolsa nacional

A bolsa nacional inverteu a tendência registada no início da sessão e valorizava atingindo o máximo de Junho de 2001. O PSI-20 seguia a crescer 0,37%, impulsionado pelo ganho superior a 1% da PT e da Sonae SGPS.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 03 de Janeiro de 2006 às 09:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional inverteu a tendência registada no início da sessão e valorizava atingindo o máximo de Junho de 2001. O PSI-20 seguia a crescer 0,37%, impulsionado pelo ganho superior a 1% da PT e da Sonae SGPS.

O principal índice nacional [psi20] avançava para os 8.633,45 pontos, depois de ter subido para o nível mais elevado desde Junho de 2001. O PSI-20 seguia com oito acções a subir, sete a cair e cinco inalteradas.

A Portugal Telecom (PT) [ptc] era o título que mais impulsionava o principal índice nacional ao subir 1,05% para os 8,63 euros enquanto a sua subsidiária PT Multimédia seguia inalterada nos 9,55 euros.

A Sonae SGPS [son] também apreciava 1,71% para os 1,19 euros. O banco de investimento Caixa BI subiu a recomendação da Sonae SGPS de «acumular» para «comprar» e reviu em alta o preço alvo para os títulos da empresa, para 1,45 euros, afirmando que a «holding» de Belmiro de Azevedo está «de volta aos ganhos».

Hoje é o segundo dia de negociação dos direitos da Sonae SGPS, direitos [son/d] que negoceiam nos 0,37 euros tendo hoje já registado uma queda superior a 2%. Os direitos, que podem ser convertidos em acções da Sonae Indústria [soni] estão a afectar a negociação destas acções, que desciam 3,3% para os 5,57 euros depois de ontem terem desvalorizado 10%.

A Energias de Portugal (EDP) [edp] ganhava 0,77% para os 2,62 euros, um dia depois de João Talone ter formalizado a sua saída da presidência da EDP.

A Brisa [brisa] também crescia 0,14% para os 7,12 euros. A Brisa pretende sair do capital da EDP e já o pode fazer com mais-valias. Além dos 23 milhões de euros que recebeu em dividendos, o lucro potencial com a venda dos 2% na EDP é de 8 milhões de euros, noticiou hoje o Jornal de Negócios.

O Banco Comercial Português (BCP) [bcp] seguia inalterado nos 2,33 euros, a mesma tendência verificada pelo Banco BPI [bpin] que negociava nos 3,85 euros. O Banco Espírito Santo (BES) [besnn] recuava 0,22% para os 13,60 euros.

Ver comentários
Outras Notícias