Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Queda da confiança dos consumidores deprime Wall Street

Os principais índices bolsistas dos Estados Unidos inverteram para terreno negativo, com a queda inesperada da confiança dos consumidores a lançar algum pessimismo.

Carla Pedro cpedro@negocios.pt 12 de Março de 2010 às 15:32
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
Os principais índices bolsistas dos Estados Unidos inverteram para terreno negativo, com a queda inesperada da confiança dos consumidores a lançar algum pessimismo.

As praças do outro lado do Atlântico tinham aberto em alta, animadas com o inesperado aumento das vendas a retalho a ajudar aos sinais de que a retoma económica está a ganhar força. Mas a divulgação, às 14h55 de Lisboa, de uma menor confiança dos consumidores norte-americanos, fez girar as bolsas para o vermelho.

Os mercados accionistas europeus também estão a reflectir este sentimento, estando a travar os ganhos da manhã.

O índice industrial Dow Jones segue a cair 0,14%, fixando-se nos 10.597,03 pontos. O S&P 500 cede 0,21% para se estabelecer nos 1.147,85 pontos.

O índice tecnológico Nasdaq marca 2.360,45 pontos, com uma desvalorização de 0,34%.

Além disso, o Departamento do Comércio divulgou também que os inventários das empresas se mantiveram inalterados em Janeiro, o que decepcionou o mercado, que esperava um aumento. Os economistas esperavam que as empresas estivessem a reconstituir os seus “stocks” de forma sustentada.

A Walt Disney e a Exxon Mobil seguem em baixa, penalizadas pela menor confiança dos consumidores.

Hoje, o Departamento norte-americano do Comércio anunciou que as vendas das retalhistas dos EUA aumentaram 0,3% no mês passado, quando as previsões apontavam para uma queda de 0,2%, o que ajudou à abertura altista das bolsas.

Veja também:
As cotações dos principais índices

A evolução das acções do Dow Jones e Nasdaq 100

Ver comentários
Outras Notícias