Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Queda de 1% da EDPR trava maiores ganhos na bolsa de Lisboa

A bolsa de Lisboa seguia a negociar em alta ligeira, com a EDP Renováveis e a Sonaecom a travarem maiores ganhos na praça portuguesa, numa sessão de subidas acentuadas na Europa. A Galp sobe mais de 2%.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 29 de Maio de 2009 às 09:37
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A bolsa de Lisboa seguia a negociar em alta ligeira, com a EDP Renováveis e a Sonaecom a travarem maiores ganhos na praça portuguesa, numa sessão de subidas acentuadas na Europa. A Galp sobe mais de 2%.

O índice PSI-20 avançava 0,32% para os 7.264,16 pontos, com 11 títulos em alta, nove em queda e um inalterado.

As bolsas europeias registam ganhos superiores a 1%, depois de terem sido divulgados indicadores económicos positivos na Ásia e no Reino Unido, dando sinais de algumas melhorias na economia.

No mercado nacional, o destaque vai para a Galp Energia, com a petrolífera a subir 2,16% para 11,12 euros, animada pelo novo modelo de financiamento para o período 2009 a 2013, que está a ser bem recebido pelo mercado. A impulsionar os títulos da companhia estão também as subidas dos preços do petróleo, com a matéria-prima a cotar acima dos 65 dólares por barril.

A animar a negociação segue também a Portugal Telecom, que ganha 0,59% para 6,497 euros, uma tendência contrariada pelos restantes títulos do sector das telecomunicações.

A Sonaecom desce 2,19% para 1,879 euros, enquanto a Zon Multimédia cede 0,1% para 3,986 euros, com ambas as empresas a corrigirem dos fortes ganhos na última semana, depois das declarações em torno de uma eventual fusão entre as duas operadoras.

Depois de uma abertura com ganhos na casa dos 1%, os títulos da banca atenuaram os ganhos, com o BCP a apreciar 0,26% para 0,77 euros, enquanto o BES avança 0,6% para 4,054 euros e o BPI desliza 0,2% para 2,016 euros.

A contribuir para a subida da bolsa de Lisboa seguia ainda a Cimpor, com a cimenteira a valorizar 1% para 4,747 euros.

Do lado das quedas, o destaque vai para a EDP Renováveis, que perde 1,02% para 7,285 euros, e é mesmo o título que mais pressiona o índice. Também em queda segue a EDP, ao descer 0,17% para 2,86 euros.

Fora do PSI_20, a Martifer perde 1,90% para 3,61 euros, depois de ontem a empresa liderada pelos irmãos Martins ter divulgado uma quebra de 80% dos seus lucros nos primeiros três meses do ano.

Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal


Ver comentários
Outras Notícias