Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Queda do Zloty provoca fortes perdas na Jerónimo Martins e BCP

A bolsa portuguesa acompanha a tendência negativa das principais praças europeias, penalizada sobretudo pelas fortes quedas das acções da Jerónimo Martins e do Banco Comercial Português, que reflectem a queda do zloty para um mínimo de cinco anos e a deterioração das condições económicas da Polónia. O PSI-20 cede 1,16%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 17 de Fevereiro de 2009 às 08:48
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

A bolsa portuguesa acompanha a tendência negativa das principais praças europeias, penalizada sobretudo pelas fortes quedas das acções da Jerónimo Martins e do Banco Comercial Português, que reflectem a queda do zloty para um mínimo de cinco anos e a deterioração das condições económicas da Polónia. O PSI-20 cede 1,16%.

O índice português desvaloriza para os 6.323,80 pontos, com 17 cotadas em alta, duas em alta e uma inalterada.

As praças europeias voltam hoje a negociar me terreno negativo devido aos receios de uma forte deterioração da economia global. A Europa de Leste é uma das regiões mais castigadas pela actual crise, tendo hoje a Moody’s alertado para a exposição dos bancos da Europa Ocidental a esta região.

Estes receios estão a provocar uma forte queda no valor das moedas destes países, com o zloty da Polónia a afundar mais de 1% para 4,9307 euros, o nível mais baixo de quase cinco anos, depois de ontem ter afundado mais de 4%. O WIG20, principal índice do país, cede 4,3%, pressionado sobretudo pela sector bancário.


As duas cotadas portuguesas com maior exposição à Polónia negoceiam também em queda acentuada, penalizadas por esta tendência. A Jerónimo Martins, maior cadeia de retalho de desconto no país, desvaloriza 5,69% para 3,235 euros.

O Banco Comercial Português, que controla o Bank Millennium, desvaloriza 3,35% para 0,749 euros. O banco está também sob pressão com o mercado a aguardar os resultados de 2008, que o banco vai apresentar hoje, depois do fecho da sessão.

A média das estimativas dos analistas consultados pelo Negócios e pela Reuters aponta para que o BCP obtenha lucro no valor de 201,55 milhões de euros. Este número compara com os 563,3 milhões registados no total de 2007, o que traduz uma queda de 64%.

Ainda no sector da banca o BES desce 0,21% para 5,30 euros e o *Banco BPI* cai 1,22% para 1,54 euros.

Também a pressionar o PSI-20, a EDP cai 1,72% para 2,52 euros e a *Galp Energi* desvaloriza 1,38% para 8,82 euros.

A Sonae Indústria desvaloriza 2,32% para 1,56 euros, depois de ontem o CaixaBI ter estimado que a empresa vai apresentar prejuízos de 83 milhões de euros

No lado dos ganhos, a Portugal Telecom soma 0,57% para 6,54 euros, na véspera da apresentação de resultados e a EDP Renováveis valoriza 1,09% para 5,73 euros, depois do Bank of América ter elevado o “target” da empresa para 7,70 euros e a recomendação para “comprar”.


Veja também:

As cotações de todas as acções da Bolsa portuguesa

O resumo do dia do índice PSI-20

As maiores subidas e maiores descidas do PSI-20

Os preços-alvo para as cotadas portuguesas

As estatísticas das acções portuguesas

A análise técnica de todas as cotadas portuguesas

A evolução de todos os fundos comercializados em Portugal



Ver comentários
Outras Notícias