Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 recua para mínimos de maio com quedas superiores a 1% da Galp e BCP

O agravamento da pandemia na Europa está a pressionar as bolsas neste arranque de semana.

A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 21 de Setembro de 2020 às 08:13
  • Assine já 1€/1 mês
  • 15
  • ...

O PSI-20 abriu a cair 0,54% para os 4.299,31 pontos, num arranque de semana negativo nos mercados acionistas. O índice português atingiu um mínimo de 22 de maio numa altura em que várias praças europeias caem mais de 1%.

Nas praças europeias o sentimento é negativo e nas bolsas asiáticas a sessão foi de quedas, uma vez que o agravamento da pandemia um pouco por todo o mundo, em particular na Europa, onde é cada vez mais real uma segunda vaga, está também a pressionar o sentimento dos investidores.

A pressionar o índice português estão vários pesos pesados, com destaque para o BCP e Galp Energia, que desvalorizam mais de 1%.  O banco recua 1,65% para 0,0892 euros e a petrolífera cede 1,24% para 8,604 euros numa sessão em que os preços do petróleo caem mais de 1%.

A Mota-Engil sobre a maior queda do índice (-1,89% para 1,246 euros) e o retalho também pressiona o PSI-20. A Jerónimo Martins desce 0,88% para 14,04 euros e a Sonae desvaloriza 1,09% para 0,59 euros.

A EDP contraria a tendência negativa, com as ações a avançarem 0,55% para 4,241 euros, com a elétrica a beneficiar de uma recomendação positiva. O  RBC Capital Markets elevou a recomendação da EDP de "underperform" para "setor perform", tendo fixado o preço-alvo nos 4,30 euros.


Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa mercados Euronext cotadas empresas índice nacional Lisboa Europa
Mais lidas
Outras Notícias