A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Quedas de 2% e 3% da PT e do BES arrastam PSI-20 para perda de 1,5%

O principal índice da praça de Lisboa continua a ser pressionado pelas acções do BES e da PT. No resto da Europa, o sentimento é negativo com os investidores a recearem um aprofundar da crise entre a Ucrânia e a Rússia após a queda do avião malaio.

Bloomberg
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 18 de Julho de 2014 às 11:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • 31
  • ...

O vermelho continua a ser a cor dominante no principal índice da praça de Lisboa. O PSI-20 desce 1,48% para 6.157,24 pontos, com 17 empresas em queda duas inalteradas (uma é o Espírito Santo Financial Group que está suspenso à negociação desde o passado dia 10 de Julho) e uma em alta.

 

No resto da Europa, o sentimento é negativo com o índice grego a liderar as perdas ao cair 1,87%. A motivar esta evolução das praças do Velho Continente estão os receios dos investidores de que o conflito já existente entre a Rússia e a Ucrânia venha a acentuar-se depois da queda do avião malaio em território ucraniano.

 

Por cá, os títulos do BES e da PT continuam a pressionar o comportamento do PSI-20. O BES segue a desvalorizar 3,58% para 40,4 cêntimos, isto depois de já ter caído na sessão de hoje 4,53% para 40 cêntimos, estas desvalorizações são inferiores à da última sessão em que o título encerrou a descer quase 8%.

 

Ainda no sector financeiro, o BPI cai 3,20% para 1,39 euros. O BCP desce 2,50% para 10,14 cêntimos e o Banif segue inalterado nos 0,0089 euros.

 

A Portugal Telecom, que esta manhã já recuou 4,60% para 1,68 euros – o valor mais baixo de sempre -, segue a deslizar 1,99% para 1,726 euros. Ontem, 17 de Julho, a agência Fitch cortou o "rating" da operadora liderada por Henrique Granadeiro e da Oi para "lixo" após falha de pagamento da Rioforte.

 

A Nos desce 0,75% para 4,604 euros.

 

Os títulos do sector da construção estão igualmente a pressionar a evolução da praça nacional. A Mota-Engil recua 3,33% para 4,581 euros e a Teixeira Duarte segue a  desvalorizar 6,17% para 68,4  cêntimos.

 

Na energia, a Galp Energia desce 1,22% para 12,93 euros, a EDP cede 0,91% para 3,359 euros, no dia em que apresentou os dados provisionais. A distribuição de electricidade da EDP estabilizou, enquanto a distribuição de gás verificou uma quebra no primeiro semestre. Já a EDP Renováveis recua 0,87% para 5,353 euros. A Ren segue em terreno positivo, avançando 1,57% para 2,59 euros.

 

A Jerónimo Martins recua 0,90% para 11,525 euros e a Sonae desliza 1,15% para 1,12 euros.

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 banca Euronext
Outras Notícias