Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Remuneração de Pedro Soares dos Santos aumentou 21% em 2012

O presidente executivo da Jerónimo Martins viu a sua remuneração aumentar mais de 20% no ano passado, com a componente variável a ganhar importância no valor global.

Jerónimo Martins atrai investidores
Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 14 de Março de 2013 às 19:45

A Jerónimo Martins divulgou esta tarde o relatório de Governo da Sociedade com a remuneração dos membros dos órgãos de administração e fiscalização, junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

O vencimento global dos membros do Conselho de Administração ascendeu a um valor global de 3,6 milhões de euros, sendo que 2,8 milhões são relativos à componente variável e 0,7 milhões relativos à variável. O valor global entregue aos administradores diminuiu 7,6% face a 2011.

 

Já o presidente executivo da retalhista, Pedro Soares dos Santos, viu a sua remuneração aumentar 21,7% para 1,2 milhões de euros, relativamente ao que recebeu em 2012. A componente variável correspondeu a 41,9% do vencimento de 2012 enquanto no anterior fora equivalente a 40,5% do total.

 

No comunicado publicado junto da CMVM, à semelhança do que fez no ano passado, a Jerónimo Martins apresenta um protesto contra a obrigação de divulgar o detalhe das remunerações dos membros da administração.

 

Para a Jerónimo Martins, a verificação da “repartição interna das remunerações” e a avaliação da “relação entre o desempenho” e a remuneração poderia ser conseguida através da indicação dos valores agregados entregues aos administradores executivos e não-executivos.

 

“Acresce que o melindre interno e externo que tal divulgação poderia suscitar não contribui, na opinião do Conselho de Administração, para a melhoria de desempenho dos seus membros”, acrescenta o comunicado. 

Ver comentários
Saber mais Jerónimo Martins Governo de Sociedade Pedro Soares dos Santos remuneração remunerações
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio