Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Resgate a Chipre impulsiona Wall Street

Índice S&P 500 aproxima-se de um novo recorde, depois dos ministros das Finanças da Zona Euro terem chegado a acordo para resgatar Chipre.

Negócios 25 de Março de 2013 às 13:39
  • Partilhar artigo
  • ...

As bolsas norte-americanas negoceiam em terreno positivo, em linha com as principais praças europeias, comos investidores agradados com os termos do acordo selado ontem no Eurogrupo, que evita a bancarrota eminente de Chipre.

 

O Dow Jones avança 0,19% para 14.539,9 pontos e o Nasdaq ganha 0,34% para 3,256,16 pontos. O S&P 500 sobe 0,3% para 1.561,23 pontos e está a menos de 1% de atingir o valor mais elevado de sempre, fixado em Outubro de 2007.

 

Na Europa a maioria dos índices também negoceia com ganhos, ainda que mais tímidos do que no início da sessão. O Stoxx 600 avança 0,47% para 295,41 pontos.

 

No âmbito da assistência financeira de 10 mil milhões de euros, o Chipre aceitou reestruturar o seu sistema financeiro. Accionistas, obrigacionistas e depositantes com contas acima de 100 mil euros vão ser chamados a pagar a reestruturação da banca cipriota, que passará pelo encerramento do Laiki, o segundo maior banco, e por saneamento e recapitalização, suportada também pelos depositantes, da maior instituição financeira do país, o Bank of Cyprus.

 

A impulsionar os índices norte-americanos estão sobretudo as cotadas do sector financeiro, com o Bank of America e o Citigroup a marcarem ganhos de perto de 1%.

 

A Dell destaca-se com uma subida de mais de 3%, depois de terem surgido duas propostas rivais às do fundador Michael Dell para a compra da tecnológica. Em sentido inverso a Blackberry cai perto de 4% depois de ter recebido uma recomendação negativa do Goldman Sachs.

 

(notícia actualizada às 13h55 com mais informação)

 

Ver comentários
Saber mais Chipre Wall Street Dow Jones Nasdaq S&P 500 bolsas americanas
Outras Notícias