Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Seguradoras e bancos ajudam progressão das Bolsas europeias

As Bolsas na Europa encerraram em subida, depois de Jack Straw, ministro dos Negócios Estrangeiros da Grã-Bretanha, ter admitido ser difícil a guerra sem o apoio popular. As seguradoras e os bancos ajudaram à progressão dos principais índices.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 17 de Fevereiro de 2003 às 17:55
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas na Europa encerraram em subida, depois de Jack Straw, ministro dos Negócios Estrangeiros da Grã-Bretanha, ter admitido ser difícil a guerra sem o apoio popular. As seguradoras e os bancos ajudaram à progressão dos principais índices.

O DJ Stoxx 50 valorizava 1,94% para 2.255,68 pontos, numa sessão em que as Bolsas norte-americanas estiveram encerradas em virtude do feriado do «Dia do Presidente».

Segundo a CNN, o secretário das relações exteriores da Grã-Bretanha, Jack Straw, admitiu hoje ser difícil ir para uma guerra contra o Iraque sem o apoio popular, mas disse acreditar que a maioria apoiaria um conflito armado com base num mandato das Nações Unidas (ONU).

O FTSE 100 [UKX] de Londres valorizou 2,23% para 3.692,40 pontos, impulsionado pelas subidas de 4,2% do Barclays e de 5% da empresa de electromecânica Invensys.

O DAX [DAX] alemão aumentava 1,27% nos 2.708,46 pontos. A empresa de «chips» Infineon crescia 6,6%, a seguradora Allianz apreciava 3,7% e o Deutsche Bank progredia 4% a marcar 42 euros.

Em Amsterdão, o AEX somou 2,38% para 291,10 pontos, com os bancos ABN Amro e ING Groep a aumentarem ambos mais de 3%. A empresa de semicondutores ASML disparou mais de 7%, depois do anúncio do crescimento de 13,9% das vendas de equipamentos de fabrico de «chips» em Dezembro.

Em Madrid, a petrolífera Repsol aumentou 3,7% para 13,58 euros, seguidas pelos bancos Santander Central Hispano (SCH) e Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) que avançaram ambos mais de 2,5%. O IBEX 35 [IBEX] valorizou 1,84% para 6.082,90 pontos.

Em Paris, o CAC 40 [CAC] apreciou 1,92% nos 2.882,12 pontos, com a consultora tecnológica Cap Gemini, o fabricante de telefones móveis Alcatel e a empresa de semicondutores ST Microelectronics a encerrarem com valorizações de 7,4%, 6,3% e 6,4%, respectivamente.

Outras Notícias