Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Soares da Costa ganha mais de 4% após vender subsidiária nos Estados Unidos

As acções da construtora tocaram nos 35,5 cêntimos após a empresa ter chegado a acordo com o grupo espanhol Dragados para alienar a totalidade do capital da Prince Contracting, a sua subsidiária nos Estados Unidos, por 18 milhões de dólares.

Bruno Simão/Negócios
Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 23 de Abril de 2014 às 10:25
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...

Os títulos da Soares da Costa iniciaram a sessão desta quarta-feira, 23 de Abril, a subir mais de 1%, já estiveram a perder mais de 1%, e seguem agora a valorizar 4,41% para negociar nos 35,5 cêntimos.

 

Este ganho ocorre um dia após a construtora ter chegado a acordo com o grupo espanhol Dragados para alienar a totalidade do capital da Prince Contracting, a sua subsidiária nos Estados Unidos.

 

Esta operação, "ainda sujeita a aprovação de entidades externas às partes, será efectuada por um valor de 18 milhões de dólares (cerca de 13,1 milhões de euros)".

 

Esta alienação ocorre no âmbito da estratégia do grupo Soares da Costa "em concentrar a sua actividade de construção na parceria celebrada com a GAM Holdings, liderada pelo empresário angolano António Mosquito, formalizada em 12 de Fevereiro passado, com a capitalização da sociedade Soares da Costa Construção".

 

Nesse dia, o empresário angolano, através da GAM Holdings, sociedade de direito luxemburguês, injectou 70 milhões de euros na Soares da Costa Construção, através de um aumento de capital aprovado em assembleia geral. Este montante visa regularizar pagamentos a fornecedores, reforçar o fundo de maneio e investir no negócio em países onde já está presente, como Angola, mas também em novos mercados. 

Ver comentários
Saber mais Soares da Costa Estados Unidos Prince Contracting GAM Holdings António Mosquito
Outras Notícias