Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sonae já detém 88,3% da Sonaecom

A holding liderada por Paulo Azevedo comprou 200 mil acções da sua subsidiária Sonaecom por 318 mil euros. Está já perto dos 90% necessários para retirar a empresa de bolsa, se assim entender.

21.º- Paulo Azevedo 
É uma das maiores subidas do ano, depois de estreitar relações com Isabel dos Santos.
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

A Sonae adquiriu, em mercado regulamentando Euronext Lisbon, 200 mil acções representativas do capital social da sua subsidiária Sonaecom, informou a empresa em comunicado à CMVM.

A aquisição foi realizada no passado dia 14 de Julho, ao preço unitário de 1,59 euros, o que totaliza 318 mil euros.

 

Com esta operação, "a Sonae passou a deter, directamente, 81.022.964 acções, continuando a ser-lhe imputável, por via da sua subsidiária integral Sonae Investments BV, os direitos de voto relativos a 194.063.119 acções da Sonaecom detidas pela sua subsidiária indirecta Sontel BV, assim perfazendo uma imputação total dos direitos de voto relativos a 275.086.083 acções da Sonaecom", refere o comunicado.

 

Nos últimos meses, a Sonae tem vindo a adquirir títulos da unidade Sonaecom, esvaziada do principal activo – a Optimus – desde a sua fusão com a Zon Multimédia. Tudo somado, a "holding" liderada por Paulo Azevedo (na foto) tem já 88,3% do capital da Sonaecom.

 

A Sonae está assim cada vez mais perto de reunir as condições necessárias para, caso entenda, retirar a Sonaecom da bolsa de Lisboa. Com efeito, as últimas compras de acções no mercado permitiram à "holding" aproximar-se ainda mais da fasquia (90% dos direitos de voto) que lhe permite requerer a perda de qualidade de sociedade aberta, ou seja, avançar para a retirada da antiga dona da Optimus do mercado de capitais.

 

A Sonae encerrou a sessão de hoje a subir 0,09% para 1,134 euros, e a Sonaecom somou 3,31% para 1,591 euros.

Ver comentários
Saber mais Sonae Sonaecom
Outras Notícias