Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

S&P 500 atinge máximo de seis anos

As bolsas norte-americanas encerraram hoje a valorizar, impulsionadas pela apresentação de resultados acima do esperado pelo regresso das fusões e aquisições. O Standard & Poor’s 500 subiu mais de 1% e encerrou no nível mais elevado dos últimos seis anos.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 16 de Abril de 2007 às 21:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As bolsas norte-americanas encerraram hoje a valorizar, impulsionadas pela apresentação de resultados acima do esperado pelo regresso das fusões e aquisições. O Standard & Poor’s 500 subiu mais de 1% e encerrou no nível mais elevado dos últimos seis anos.

O S&P 500 subiu 1,07% para os 1.468,46 pontos. O Nasdaq [ccmp] ganhou 1,06% para os 2.518,33 pontos e o Dow Jones [indu] avançou 0,86% para os 12.720,46 pontos.

A negociação foi animada pelo retorno de especulações em torno de novas fusões e aquisições depois da SLM, ou Sallie Mae, especialista em crédito para estudantes, ter aceite a oferta de compra no valor de 25 mil milhões de dólares (18,49 mil milhões de euros) de um grupo liderado pela J.C. Flowers. As acções da SLM subiram 18,41% para os 55,37 dólares.

Para além desta operação, os resultados hoje apresentados superaram as estimativas dos analistas, o que veio animar a negociação das bolsas.

Os resultados do Citigroup, o maior banco dos EUA, caíram 11% no primeiro trimestre devido a despesas relacionadas com a eliminação de 5% da força laboral. Apesar da queda os resultados conseguiram superar as estimativas dos analistas. As acções do banco subiram 2,64% para os 52,96 dólares.

Ver comentários
Outras Notícias