Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

S&P 500 em máximos históricos com diminuição dos pedidos do subsídio de desemprego

Depois do Dow Jones ter batido um novo recorde na abertura da sessão nos Estados Unidos, o S&P 500 chegou agora também a um máximo intra-diário, depois de algumas empresas terem registado resultados acima do esperado e dos pedidos do subsídio de desemprego terem diminuído.

S&P: Acordo sobre a Grécia não está mais perto hoje do que há uma semana
Jorge Garcia jorgegarcia@negocios.pt 18 de Julho de 2013 às 16:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O S&P 500 está agora a avançar 0,63% para 1.691,55 pontos, depois de já ter estado a subir 0,66% para 1.691,97 pontos, o que constitui um máximo histórico intra-diário. Também o dólar está a subir face às 16 maiores moedas.

 

A divulgação dos dados dos pedidos do subsídio de desemprego, que mostram que os mesmos caíram 24.000 para 334.000 na semana passada, o valor mais baixo desde o início de Maio, e que superou as previsões dos economistas, é uma das razões apontadas para a subida do índice norte-americano.

 

“É um número consideravelmente razoável em termos de crescimento de empregos”, afirmou Bob Doll, da Nuveen Asset Management. “Ainda assim, estamos a meio da época de ganhos, e isso vai ser importante para o mercado”.

 

Esta quinta-feira há 32 empresas do S&P 500 a apresentar resultados, como a Morgan Stanley que viu os seus lucros trimestrais subirem 63%. Até agora, 75% das empresas que já apresentaram resultados atingiram a expectativa máxima dos analistas para os lucros, e cerca de 53% ultrapassou os valores expectáveis para as vendas, de acordo com a Bloomberg.

Ver comentários
Saber mais Wall Street S&P 500 máximo
Outras Notícias