Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida da banca leva bolsa a ganhar quase 1%

A banca nacional está a registar fortes ganhos, num dia em que o sector é o que mais sobe na Europa. A bolsa nacional segue assim a valorizar, acompanhando os congéneres europeus.

Sara Antunes saraantunes@negocios.pt 05 de Fevereiro de 2013 às 12:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O PSI-20 avança 0,80% para 6.185,32 pontos, com 17 acções a apreciar, duas a cair e uma inalterada. Entre os congéneres europeus a tendência é semelhante, com os índices a recuperarem da maior queda em mais de três meses, a beneficiar da apresentação de resultados de empresas como a Munich Re e a BP.

 

A bolsa nacional beneficia também de notas publicadas pelas agências de “rating”. A S&P considerou, numa nota divulgada na segunda-feira, que Portugal pode voltar a crescer mais cedo.

 

A banca é o sector que mais sobe na Europa, com o índice Stoxx para a banca a ganhar mais de 1,5%. E Portugal não é excepção.

 

O BCP está a valorizar 3,03% para 0,102 euros, o BES está a subir 3,79% para 1,068 euros, o BPI cresce 2,80% para 1,285 euros, o Banif aprecia 1,43% para 0,142 euros e o ESFG ganha 0,19% para 5,31 euros.

 

O BPI tem beneficiado nos últimos dias de notas de research, onde os analistas aumentaram os preços-alvo para o banco liderado por Fernando Ulrich. Esta terça-feira foi a vez do CaixaBI, com o banco de investimento a elevar a avaliação do BPI de 1,05 euros para 1,25 euros, depois de ter descido a estimativa do custo de capital do banco. “Embora mantenhamos os racionais da última análise publicada a 19 de Dezembro de 2012, reconhecemos que a percepção em torno dos activos portugueses melhorou significativamente com a queda das ‘yields’ das obrigações nacionais, que sustenta esta revisão”, explicam os analistas numa nota de análise.

 

Na banca nacional, destaque também para o BES, que vai apresentar esta terça-feira, ao final do dia, os números de 2012. O BPI já reportou os resultados, no dia 30 de Janeiro, tendo revelado um lucro de 249,1 milhões de euros, superando as estimativas dos analistas.

 

A Portugal Telecom também está a contribuir para os ganhos do índice, sendo mesmo a cotada que mais impulsiona, ao ganhar 1,81% para 4,159 euros. É a operadora de telecomunicações liderada por Zeinal Bava que tem maior potencial de subida para os analistas do Santander. O banco de investimento actualizou na semana passada a avaliação de várias cotadas portuguesas, no âmbito da Iberian Equities Conference. O preço-alvo subiu em média 15%, para reflectir a queda do prémio de risco de Portugal e a perspectiva favorável para alguns negócios.

 

Do lado oposto está a Jerónimo Martins, a perder 1,50% para 15,81 euros, no dia em que o Barclays reviu em baixa a recomendação para as acções da dona do Pingo Doce de “equal weight” para “underweight”, elevando o preço-alvo para 13,50 euros. Apesar desta subida da avaliação, o novo “target” confere às acções um potencial de queda de 14,6% face à actual cotação.

Ver comentários
Saber mais bolsa PSI-20 banca Euronext
Outras Notícias