Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida de 4,93% da PT impulsiona Euronext Lisbon; JM dispara 7,41% (act)

A Euronext Lisbon fechou hoje a subir, com os investidores a receberem bem os resultados apresentados por diversas empresas. O PSI20 avançou 1,86%, com a PT a subir 4,93% e a Jerónimo Martins a ganhar 7,41%.

Joaquim Madrinha 30 de Outubro de 2002 às 17:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Euronext Lisbon fechou hoje a subir, com os investidores a receberem bem os resultados apresentados por diversas empresas. O PSI20 avançou 1,86%, com a PT a subir 4,93% e a Jerónimo Martins a ganhar 7,41%.

O PSI20 [PSI20]fechou a ganhar 1,86% para os 5.351,42 pontos.

Num dia sem indicadores económicos os «bons» resultados das empresas foram os responsáveis pela valorização dos respectivos títulos.

Nas Telecomunicações a PT acumulou um ganho de 4,93% para os 5,96 euros. A operadora de telecomunicações apresentou resultados acima das expectativas e após uma manhã pouco agitada encerrou a negociar mais de 6,9 milhões de títulos.

Segundo Renato Rocha da Atrium.pt «os investidores valorizaram os resultados da empresa e após a abertura dos mercados americanos, a operadora acentuou os ganhos»

A Jerónimo Martins [JMAR]registou uma valorização de 7,41% encerrando a valer 5,80 euros. Uma valorização devida aos resultados apresentados ontem.

«A Jerónimo Martins [JMAR]apresentou resultados operacionais bons e a estratégia de redução da dívida foi bem acolhida pelos investidores» disse o operador da Atrium.pt.

O BPI subiu a recomendação da Jerónimo Martins para «acumular», mantendo o preço alvo nos 8 euros.

A Teixeira Duarte [TXDE]registou hoje um volume superior a 239 mil títulos e encerrou a subir 11,94% para os 0,75 euros, na maior subida do índice.

«A possível antecipação, por parte de alguns investidores, de resultados menos positivos levaram o título a atingir no dia 25 deste mês o mínimo do ano, mas os resultados agora apresentados inverteram a tendência do título levando-o a esta valorização e volume de negócio», afirmou a mesma fonte.

A EDP [EDP] encerrou a valorizar 0,65% para os 1,54 euros.

Segundo a mesma fonte «existem muitas situações por resolver das quais o título está dependente, a definição do «caso» Oniway, o mercado ibérico de energia e a definição do mercado brasileiro estão a conter o título.

«Será sempre um título de carácter defensivo embora tenha já tenha desvalorizado cerca de 50%» desde a última OPV afirmou a mesma fonte.

A SonaeCom [SNC] encerrou a ganhar 3,07% para os 1,68 euros.

«Os resultados da SonaeCom foram ligeiramente positivos, com as receitas a situarem-se em linha com o esperado e as margens a destacarem-se pela positiva», comentou o BCP Investimento, reiterando a recomendação de compra para o papel.

A PT Multimédia [PTM] ganhou 2,34% para os 7,88 euros.

«As receitas da PT Multimedia surpreenderam ligeiramente pela negativa, tendo o cash-flow operacional (EBITDA) ficado acima do esperado», refere o BCP Investimento num comentário aos resultados da PTM, onde reitera a recomendação de compra e o preço-alvo de 13,8 euros.

A Impresa [IPR] subiu 5,06% para os 1,66 euros.

A Brisa [BRISA] encerrou também em linha com o mercado e ganhou 2,02% para os 5,06 euros

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias