Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida superior a 2% da PTM reduz perdas da bolsa

A bolsa nacional segue a desvalorizar pressionada pelas desvalorizações superiores a 1% da EDP e do BPI, que estão hoje a negociar em "ex-dividendo". O PSI-20 aliviou a descida da abertura e segue a perder 0,03% impulsionado pelo ganho de mais de 2% da PT

Maria João Soares mjsoares@negocios.pt 30 de Abril de 2007 às 11:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A bolsa nacional segue a desvalorizar pressionada pelas desvalorizações superiores a 1% da EDP e do BPI, que estão hoje a negociar em "ex-dividendo". O PSI-20 aliviou a descida da abertura e segue a perder 0,03%, impulsionado pelo ganho de mais de 2% da PT Multimedia numa sessão em que a Teixeira Duarte renova o máximo histórico.

O PSI-20 [psi20] cotava nos 12.279,75 pontos, depois de na passada sexta-feira ter renovado o máximo de Julho de 2000, com 12 títulos a subir, 6 a descer e 2 inalterados.

A Teixeira Duarte [txde] está novamente em destaque ao fixar um novo máximo histórico. A construtora avança 3,03% para os 3,40 euros, depois de ter tocado nos 3,47 euros, o valor mais alto de sempre.

A contribuir para a tendência negativa da sessão estão os dois títulos que hoje passam a transaccionar sem direito ao dividendo relativo ao exercício de 2006. A EDP [edp] que vai pagar aos seus accionistas um dividendo de 0,11 euros, segue a cair 1,72% para 4,01 euros por acção.

O Banco BPI [bpin], que vai remunerar os seus accionistas com 0,16 euros por acção, segue a desvalorizar 1,56% para 6,30 euros. Ainda na banca, o BCP [bcp] segue estável, já o BES [besnn] avança 0,34% para 14,75 euros.

A evitar uma maior desvalorização do PSI-20 estão os títulos do Grupo PT, com a Portugal Telecom [ptc] a valorizar 0,48% para 10,55 euros e a PTM [ptm], cuja separação do capital da PT foi aprovada na passada sexta-feira, a somar 2,89% para 12,45 euros, o valor mais alto desde Dezembro de 2000. A impulsionar as cotações está a notícia de que a CGD comprou 10% da empresa ao Barclays.

A Lisbon Brokers considera que a cisão da PT Multimédia da Portugal Telecom é uma operação "extremamente positiva" para a empresa que controla a TV Cabo, pelo que considera já a recomendação de "forte compra" e o preço-alvo de 13,80 euros como "conservador".

A Brisa [brisa] sobe 1,57% para 9,72 euros depois de ter apresentado os resultados do primeiro trimestre na passada sexta-feira. O CaixaBI admite rever em alta a avaliação da empresa depois da concessionária de auto-estradas ter anunciado resultados acima das estimativas dos analistas.

Também com valorizações acentuadas, mas fora do PSI-20, seguem a Reditus que sobe 2,70% para 4,18 euros, e a Ibersol que ganha 1,23% para 10,70 euros. Já a Inapa [ina] perde 7,50% para 2,59 euros depois de no final da semana passada o conselho de administração da empresa ter anunciado que a revisão do teste de imparidade resulta num efeito negativo de 46 milhões de euros nos capitais próprios do grupo.

Mais lidas
Outras Notícias