Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tecnológicas ressuscitam Wall Street. S&P 500 à beira do recorde

Após três dias no vermelho, o setor tecnológico deu hoje um forte impulso às bolsas norte-americanas. O S&P 500 ficou à beira de fixar um novo máximo histórico.

As bolsas registaram uma recuperação acentuada em abril. O índice PSI-20 subiu mais de 5%, o melhor mês em mais de um ano.
Justin Lane/EPA
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 12 de Agosto de 2020 às 21:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Não foi ao terceiro mas sim ao quarto dia que as tecnológicas "ressuscitaram". Após três sessões em queda, após ter conduzido o Nasdaq Composite a um máximo histórico na passada quinta-feira, coube ao setor tecnológico alimentar os ganhos robustos desta quarta-feira em todos os principais índices de Wall Street.

O Nasdaq Composite avançou 2,13%, para os 11.012,24 pontos, recuperando a fasquia dos 11 mil pontos.

O Dow Jones subiu 1,05%, para os 27.976,84 pontos e com apenas o JP Morgan Chase no vermelho.

Mas as atenções do dia estiveram centradas no S&P 500. O índice alargado chegou, na última hora de negociação, a superar o valor recorde de fecho registado a 19 de fevereiro deste ano. O índice viria a perder algum terreno na reta final do dia e acabou a ganhar 1,40%, para os 3.380,35 pontos. 

Antes, tocou os 3.387,89 pontos, acima do máximo histórico de fecho (3.386,15) mas aquém do recorde em termos de intraday, que também se verificou a 19 de fevereiro, que continua a ser de 3.393,52 pontos.

Entre os nomes mais sonantes das tecnológicas, destacaram-se a Microsoft, que subiu 2,86%, enquanto a Amazon valorizou 2,65%, a Apple avançou 3,32% e a Tesla disparou 13,12%, impulsionada pelo anúncio de um "stock split".
Ver comentários
Saber mais Wall Street Nasdaq Composite S&P 500 Dow Jones bolsas
Mais lidas
Outras Notícias