Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Telecomunicações e banca mantêm tendência de desvalorização da Bolsa nacional; PSI20 cai 0,73%

A Euronext Lisbon seguia a corrigir a tendência de recuperação dos últimos dias em linha com as suas congéneres europeias, sendo arrastada pelo sector das telecomunicações e da banca. O PSI20 caia 0,73%.

Paulo Soares de Oliveira 19 de Novembro de 2002 às 13:18
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Euronext Lisbon seguia a corrigir a tendência de recuperação dos últimos dias em linha com as suas congéneres europeias, sendo arrastada pelo sector das telecomunicações e da banca. O PSI20 caia 0,73%.

O PSI20 marcava 5.711,17 pontos com 15 empresas a cair, três inalteradas e duas a subir.

A «expectativa em relação à evolução da sessão, é de manutenção da quebra, devido à evolução dos futuros (do Nasdaq) que caem 0,5% e ao volume pouco elevado de títulos transaccionados que não excede os 13 milhões de euros» disse ao Negocios.pt um operador de mercado.

«Apesar do mercado não estar hoje comprador, a tendência é de clara recuperação» refere o mesmo responsável, que acrescenta «que se nota uma tendência crescente de confiança nos mercados, sendo necessário ter cautela com as subidas muito fortes».

O membro do Conselho do Banco Central Europeu (BCE), Ernst Welteke, considera que os riscos de crescimento na Zona Euro são mais evidentes do que a ameaça da inflação, declarações que sugerem uma redução dos juros na Zona Euro em Dezembro.

Numa conferência em Estocolmo, Ernst Welteke afirmou hoje que «a presente taxa de inflação está muito perto do limiar da estabilidade», acrescentado que «os preços deverão retrair já no primeiro semestre do próximo ano».

A Portugal Telecom [PTC] perdia 0,92%, «corrigindo tecnicamente da tomada de mais valias depois da Merryll Lynch ter ontem efectuado uma recomendação que se reflectiu na recomendação para o sector», afirma o mesmo responsável.

A sua concorrente para as operações de comunicações móveis, a Vodafone Telecel [TLE] perdia 1,24% para os 7,97 euros. Em contra-ciclo, a SonaeCom [SNC], que controla a Optimus seguia a ganhar 0,55% para os 1,82 euros.

O sector da banca acompanhava a quebra média de 1,5% verificada no sector em termos internacionais, e os títulos do Banco Comercial Português [BCP] acompanhavam esta tendência ao perder 1,22% para os 2,42 euros.

O Banco Espírito Santo [BESNN] registava uma desvalorização de 0,18% para os 11,03 euros e o BPI [BPIN] descia 1,48% para os 2 euros.

A Brisa [BRISA] seguia a ganhar 1,44% para os 4,93 euros, aliviando das perdas de ontem. A EDP [EDP] continuava em queda, a descer 0,6% para os 1,66 euros.

Ver comentários
Outras Notícias