Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Telecomunicações e financeiras impulsionam Europa; Madrid e Paris sobem mais de 4%

As Bolsas europeias fecharam hoje em forte alta impulsionadas pelas empresas de telecomunicações, petrolíferas e companhias financeiras. O EuroStoxx 50 ganhou 3,67% com Paris e Madrid a subir mais de 4%.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 13 de Novembro de 2001 às 19:33
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas europeias fecharam hoje em forte alta impulsionadas pelas empresas de telecomunicações, petrolíferas e companhias financeiras. O EuroStoxx 50 ganhou 3,67% com Paris e Madrid a subir mais de 4%.

O EuroStoxx 50 terminou nos 3.684 pontos, com a finlandesa Nokia a trepar 7,77%. As Bolsas europeias estiveram hoje a recuperar depois das quedas de ontem provocadas pela queda de um avião em Nova Iorque.

Em Madrid o IBEX [IBEX] trepou 4,01% a beneficiar de noticias positivas da economia argentina, país onde as companhias espanholas têm fortes investimentos. A Telefónica disparou 6,20% para os 15,24 euros (3.055 escudos) e o Santander Central Hispano avançou 6,27% até aos 9,83 euros (1.970 escudos).

O CAC [CAC] de Paris ganhou 4,32% a beneficiar das subidas de 6,35% da France Telecom, que terminou nos 47,7 euros (9.562 escudos). A Total Fina avançou 4,59% para os 157,2 euros (31.515 escudos) a beneficiar da subida do preço do petróleo.

A Bolsa de Londres [UKX] fechou com uma subida de 2,54%, liderada pela subida de 3,30% da Vodafone e pela valorização de 2,82% da BP. A empresa que controla 51% da Telecel [TLE] apresentou hoje prejuízos que duplicaram o registado o ano passado. As receitas da Vodafone cresceram 27%.

O DAX [DAX] terminou a ganhar 2,59% impulsionada pelo Deutsche Bank [DBK], que beneficiou do anuncio da venda da empresa de televisão por cabo à Liberty Media. O maior banco da Europa subiu 5,19%.

Os ganhos de 2,10% da Deutsche Telekom [DTE] e de 2,87% da Siemens [SIE] também contribuíram para a valorização do índice germânica.

Na Holanda os ganhos foram liderados pela Philips ,que avançou 7,98% para os 29,23 euros (5.860 escudos) e pelo financeiro ING Groep, que avançou 5,84% até aos 30,80 euros (6.174 escudos). O AEX subiu 4,21% para os 496 pontos.

Outras Notícias