Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tencent perde 200 mil milhões e já não é uma das dez mais valiosas do mundo

A Tencent chegou a ser uma das cinco empresas mais valiosas do mundo em Janeiro, mas desde então o deslize não tem tido freio. Já perdeu quase metade do valor desde o início do ano.

As empresas tecnológicas chinesas estão na mira dos fundos de investimento. Num ano em que os produtos que investem em acções com exposição à China estão entre os que mais sobem - com valorizações até 30% a 12 meses - , a Tencent é uma das maiores participações nas carteiras. A empresa de redes sociais e aplicações para telemóveis valoriza pouco mais de 1% em 2018, mas as avaliações dos analistas atribuem um potencial de subida de 27% às acções da companhia, com 96% de recomendações positivas. O facto de muitos sites e aplicações ocidentais, como o Google ou o Facebook, terem restrições de utilização na China, favorece os serviços da Tencent.
reuters
Negócios com Bloomberg 10 de Outubro de 2018 às 07:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

A gigante tecnológica Tencent tem vindo a perder dimensão nos mercados. Este ano já minguou a capitalização bolsista em 200 mil milhões – mais do que qualquer outra empresa a nível mundial.

Desde o final de Janeiro até ao presente, a Tencent já perdeu quase 40% do valor em bolsa, registando um ciclo de nove sessões consecutivas em queda até esta quarta-feira. A tecnológica fechou a última sessão com uma quebra de 1,29% para os 290 dólares de Hong Kong.



Até Janeiro, a Tencent entregou retornos superiores a 67.000% aos investidores que entraram na oferta pública inicial. Contudo, a trajectória descendente teve início este ano à medida que as más notícias foram surgindo pelo caminho, como uma quebra nos lucros e obstáculos regulatórios na China.

A pressão vendedora deverá continuar enquanto os investidores continuam em pânico, prevê o membro fundador da Lead Edge Capital, Mitchell Green, que detém 1,5 mil mil milhões de títulos da Tencent e foi consultado pela Bloomberg.

A Exxon Mobil substitui a Tencent entre as mais valiosas do mundo, depois desta última ter figurado nas cinco primeiras posições ao lado da Apple, Alphabet, Microsoft e Amazon - isto, no pico da sua avaliação, em Janeiro. A Tencent vale agora 353 mil milhões de dólares e a Exxon 365 mil milhões.


Ver comentários
Saber mais Tencent Mitchell Green Lead Edge Capital China Exxon Mobil Bloomberg Apple Alphabet Microsoft Amazon economia negócios e finanças mercado e câmbios bolsa
Outras Notícias