Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TMT arrastam Bolsas europeias; DAX perde 1,39%

As Bolsas europeias terminaram a sessão a cair, arrastadas pelas empresas de telecomunicações, media e tecnologias (TMT), com o Nasdaq a perder mais de 1,5%. O DAX alemão cedia 1,39% e o IBEX madrileno resvalou 1,94%.

Duarte Costa 30 de Janeiro de 2002 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas europeias terminaram a sessão a cair, arrastadas pelas empresas de telecomunicações, media e tecnologias (TMT), com o Nasdaq a perder mais de 1,5%. O DAX alemão cedia 1,39% e o IBEX madrileno resvalou 1,94%.

O Euro Stoxx 50, que engloba as 50 maiores empresas europeias em termos de capitalização bolsista, caía 1,26% para os 3.538,08 pontos, com a Nokia, líder mundial na produção de telefones móveis, a cair 3,57% para os 25,93 euros.

O FTSE [UKX] perdeu 0,82% para os 5.89,30 pontos. A farmacêutica Glaxosmithkline cedeu 1,64% para as 1,50 libras (2,46 euros), enquanto a Vodafone resvalou 2,59% para as 1,50 libras (2,46 euros).

Os lucros da Vodafone Telecel, controlada em mais de 50% pela Vodafone, cresceram 34% nos primeiros nove meses do ano para os 83,9 milhões de euros, um valor em linha com o esperado pelos analistas contactados pelo Negocios.pt.

Na Bolsa de Paris, o CAC [CAC] encerrou nos 4.407,27 pontos, a recuar 1,54%. A France Telecom caiu 5,25% para os 36,10 euros, enquanto a Vivendi Universal, que actua no sector dos media, resvalou 4,93% para os 51,10 euros, depois de responsáveis do grupo terem negado o interessse em vender uma posição no Canal Plus, uma notícia do jornal francês «Liberation».

O IBEX [IBEX] madrileno caiu 1,94% para os 8.019,70 pontos. A Telefónica resvalou 4,12% para os 13,50 euros, enquanto o Banco Bilbao Vizcaya Argentaria perdeu 1,57% para os 13,20 euros, depois de ter apresentado resultados do quarto trimestre inferiores ao previsto.

O DAX [DAX], de Frankfurt, desvalorizava 1,39% para os 5.013,92 pontos. A Deutsche Telekom caía 1,50% para os 16,43 euros e o Deutsche Bank perdia 4,42% para os 70,01 euros.

O MIBTEL [MIBTEL], principal índice da Bolsa de Milão, caiu 0,62% para os 22.742 pontos, com a Telecom Italia a perder 1% para os 9,28 euros.

O AEX, de Amesterdão, desvalorizou 1,55% para os 495,24 pontos. A Philips Electronics perdeu 3,10% para os 31,30 euros, enquanto a operadora de telecomunicações KPN resvalou 4,25% para os 5,41 euros, depois de ter acordado adquirir a posição da norte-americana BellSouth na operadora móvel germânica E-Plus.

Outras Notícias