Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

TMT impulsionam fecho da BVLP; PSI20 cresce 1,06% (act.)

A Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) encerrou o dia a valorizar, impulsionada pelos ganhos das empresas de telecomunicações, media e tecnologia (TMT), com a Impresa a trepar mais de 17%. O PSI20 cresceu 1,06% e o PSI30 avançou 1,1%.

Duarte Costa 13 de Novembro de 2001 às 17:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa de Valores de Lisboa e Porto (BVLP) encerrou o dia a valorizar, impulsionada pelos ganhos das empresas de telecomunicações, media e tecnologia (TMT), com a Impresa a trepar mais de 17%. O PSI20 cresceu 1,06% e o PSI30 avançou 1,1%.

O índice de referência da BVLP, o PSI20 [PSI20], fechou a sessão nos 8.081,44 pontos e o PSI30 avançou para os 3.845,11 pontos, enquanto o Euro Stoxx 50 trepava 3,75% para os 3.687,88 pontos, depois de ontem ter caído mais de 2%.

A Portugal Telecom [PLTM] avançou 1,29% para os 9,42 euros (1.889 escudos), depois da operadora ter anunciado que a partir de 5 de Dezembro, os titulares de acções adquiridas na última fase de privatização da PT podem negociar os títulos em Bolsa, mantendo o direito ao prémio de fidelidade.

A PT Multimédia [PTM] subiu 3,84% para os 8,65 euros (1.734 escudos) e a PTM.com [PTD] ganhou 4,05% para os 2,31 euros (463 escudos).

A Electricidade de Portugal [EDP] avançou 0,78% para os 2,59 euros (519 escudos), enquanto a Brisa [BRISA] recuou 1,80% para os 9,81 euros (1.967 escudos).

A Jerónimo Martins [JMAR], que deliberou hoje em Assembleia Geral de accionistas a anulação do processo de reestruturação aprovado na AG anterior, encerrou inalterada nos 8 euros (1.604 escudos), enquanto a Modelo Continente [MCON] fixou nos 1,66 euros (333 escudos), não registando também qualquer variação face ao valor de fecho de ontem.

A Impresa [IPR] trepou 17,73% para os 2,59 euros (519 escudos), tendo estado no final da sessão reservada para consolidação de ofertas. A agência de publicidade francesa Publicis anunciou ontem que deverá atingir lucros em linha com o esperado no corrente ano, o que impulsionou hoje as restantes empresas do sector.

A Cofina [COFI], que anunciou ter concluído a reestruturação na sua «sub-holding» para os media, a Investec, valorizou 4,19% para os 2,24 euros (449 escudos).

A Sonae SGPS [SON] subiu 3,66% para os 0,85 euros (170 escudos), enquanto a Sonae.com [SNC] ganhou 4,17% para os 3,50 euros (702 escudos), com os investidores a considerarem que estas acções estão «baratas», ao mesmo tempo que estão aguardar pelo plano de reestruturação do grupo liderado por Belmiro de Azevedo, segundo operadores.

A Vodafone Telecel [TLE], que segundo os analistas contactados pelo Negocios.pt deverá ter registado um crescimento superior a 18% nas receitas do primeiro semestre fiscal, cresceu 5,87% para os 8,48 euros (1.700 escudos).

Ver comentários
Outras Notícias