Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tokyo Electron, Advantest e Kyocera pressionam Bolsa de Tóquio; Nikkei cede 1,42%

O Nikkei encerrou em queda de 1,42% e as empresas ligadas à indústria dos semicondutores lideraram as perdas, depois da norte-americana Intel ter sofrido na véspera uma queda de 5,24%. Em Tóquio, a Tokyo Electron caiu 5,7%.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 28 de Agosto de 2002 às 09:27
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O Nikkei encerrou em queda de 1,42% e as empresas ligadas à indústria dos semicondutores lideraram as perdas, depois da norte-americana Intel ter sofrido na véspera uma queda de 5,24%. Em Tóquio, a Tokyo Electron caiu 5,7%.

O Nikkei 225 [NKY] marcava no fecho 9.766,73 pontos, enquanto o Topix decresceu 0,9% a cotar nos 953,92 pontos.

A pressionar o Nikkei 225, as acções da Tokyo Electron, o segundo maior fabricante mundial de equipamentos de fabrico de «chips», deslizaram 5,7% até aos 5.680 ienes (49,07 euros), e os títulos da Advantest decresceram 4,4% para os 5.930 ienes (51,23 euros).

A Kyocera, que produz placas cerâmicas para protecção dos semicondutores, escorregou 2,7% para 8.540 ienes (73,77 euros).

Ontem, nos Estados Unidos (EUA), as acções da Intel derraparam 5,24% para os 17,18 dólares (17,54 euros), pressionando o Nasdaq [CCMP] para uma desvalorização que ultrapassou os 3%.

O administrador executivo da Intel, Craig Barret, disse ontem que a retoma na procura de computadores e «chips» poderia não ocorrer no período de férias.

Outras Notícias