Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Valorização do BCP ajuda Euronext Lisbon; PSI20 soma 0,84% (act.)

A Bolsa encerrou a primeira sessão da semana a valorizar, impulsionada pelo desempenho das acções do Banco Comercial Português (BCP) que subiram 2,9%. O PSI20 cresceu 0,84%, com a Brisa e a EDP a subirem mais de 1%.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 19 de Agosto de 2002 às 16:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Bolsa encerrou a primeira sessão da semana a valorizar, impulsionada pelo desempenho das acções do Banco Comercial Português (BCP) que subiram 2,9%. O PSI20 cresceu 0,84%, com a Brisa e a EDP a subirem mais de 1%.

O PSI20 [PSI20] encerrou nos 5.950,67 pontos, com metade das acções a valorizarem, cinco em queda e as restantes cinco inalteradas.

O Banco Comercial Português (BCP) [BCP] foi o papel que mais contribuiu para a subida do índice, ao valorizar 2,9% para os 2,84 euros.

A instituição liderada por Jardim Gonçalves, segundo uma carta do presidente enviada aos accionistas, diz manter-se favorável à fusão da participada ONI no sector das telecomunicações, defendendo a criação de uma nova empresa cotada em Bolsa.

A Electricidade de Portugal (EDP) [EDP] que controla a maioria do capital do ONI, subiu 1,19% para os 1,70 euros. O Banif reiterou a recomendação de «manter» para as acções da eléctrica, atribuindo-lhes um preço-alvo de 2,45 euros, na sequência da apresentação das contas das suas participadas brasileiras Escelsa e a Enersul.

A Brisa [BRISA] cresceu 1,54% para os 5,28 euros. A espanhola Acesa, que detém 10% da Brisa, e a italiana Autostrade, deverão reforçar a sua aliança, concorrendo em conjunto às concessões de novas auto-estradas na Europa Central, segundo uma notícia avançada hoje pelo jornal espanhol «Cinco Dias».

No segmento das telecomunicações, a Portugal Telecom (PT) [PTC] foi o título mais líquido da sessão, com 2,69 milhões de acções movimentadas. A operadora manteve-se inalterada nos 6 euros.

A SonaeCom [SON], igualmente inalterada, encerrou nos 1,79 euros, enquanto a rival para a área móvel, a Vodafone Telecel [TLE] cresceu 0,54% para os 7,45 euros.

Segundo o «Wall Street Journal», a britânica Vodafone, que detém 54% da Vodafone Telecel, está em negociações com a francesa Vivendi Universal para adquirir a sua participação no portal Vizzavi, que está presente em Portugal através de uma parceria com a operadora liderada por António Carrapatoso.

A impedir uma valorização mais expressiva do PSI20, o BPI [BPIN] decresceu 1,36% para os 2,17 euros, enquanto a Sonae SGPS [SON] deslizou 1,96% até aos 0,50 euros.

Fora do PSI20, as acções do Central Banco de Investimento (CBI) permaneceram nos 3 euros, sem alterações de preço, depois de ter apresentado prejuízos de 1,781 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, menos que os 12,96 milhões de euros verificados no período homólogo.

Ver comentários
Outras Notícias