Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Vivendi Universal lidera ganhos na Europa com valorização de 22,5%

As maiores praças europeias encerram com valorizações entre 2% e 4% e em Paris, as acções da Vivendi Universal dispararam mais de 22%, após ter anunciado a intenção de contrair um empréstimo que evite a alienação «apressada» de activos.

Pedro Carvalho pc@mediafin.pt 19 de Agosto de 2002 às 17:35
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As maiores praças europeias encerram com valorizações entre 2% e 4% e em Paris, as acções da Vivendi Universal dispararam mais de 22%, após ter anunciado a intenção de contrair um empréstimo que evite a alienação «apressada» de activos.

O DJ Stoxx 50 crescia 2,99% para os 2.845,21 pontos, com as acções da francesa Vivendi Universal a liderarem os ganhos.

A empresa de media, a maior da Europa, que na sexta-feira já havia anunciado a intenção de alienar activos no valor de 10 mil milhões de euros, disse hoje que planeava contrair um empréstimo de 3 mil milhões de euros até ao final de Setembro, com vista a evitar a venda «apressada» de activos.

O CAC 40 [CAC] de Paris cresceu 3,52% para os 3.493,01 pontos, e a Vivendi Universal disparou 22,5% até aos 11,39 euros. A seguradora Axa avançou 9% para os 14,70 euros.

O DAX [DAX] que ainda não encerrou, valorizava 3,7% para os 3.821,20 pontos, impulsionado pelas acções da Infineon que apreciavam 8,3% para os 12,78 euros. A operadora de telecomunicações Deutsche Telekom avançava 4,6% para os 11,50 euros.

Nos Estados Unidos (EUA), o Dow Jones [INDU] crescia 1,58% para os 8.916,93 pontos, enquanto o Nasdaq [CCPM] subia 1,6% a marcar.

As seguradora europeias estiveram entre as primeiras em termos de valorização, tendo a holandesa Aegon avançado 10,97% para finalizar nos 15,78 euros. O AEX progrediu 4,61% a cotar nos 386,11 pontos, com o ABN Amro e o ING Groep a escalarem 5,4% e 7,62%, respectivamente.

O IBEX 35 [IBEX] valorizou 4,05% para os 6.583 pontos. O Santander Central Hispano (SCH) comandou os ganhos com uma valorização de 7,6% até aos 6,98 euros. O rival Banco Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) avançou 5,5%, enquanto a operadora Telefónica disparou 6% para acabar nos 9,84 euros.

Em Londres, o FTSE 100 [UKX] apreciou 2,24% para os 4.426,80 pontos. A Granada progrediu 12,4% para as 0,82 libras (1,28 euros), enquanto a Carlton Communications avançou 8,9% Esta última empresa, rival da Granada, irá combinar as suas unidades, com o intuito de reconquistar os clientes de publicidade e cortar nos custos.

Outras Notícias