Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Volkswagen afunda 20% após admitir irregularidades com testes de emissões tóxicas

A construtora automóvel alemã Volkswagen está a cooperar com as autoridades norte-americanas depois da empresa ter assumido que cometeu infracções relativamente aos testes de poluição nos EUA em carros a diesel. Acções registam queda expressiva.

A carregar o vídeo ...
VW Admits Cheating on U.S. Pollution Test
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 21 de Setembro de 2015 às 09:34
  • Assine já 1€/1 mês
  • 7
  • ...

A construtora alemã Volkwagen está a cooperar com as autoridades norte-americanas depois de o regulador dos Estados Unidos ter descoberto que a empresa desenhou um software para cerca de meio milhão de carros a diesel que dão dados falsos relativamente às emissões, segundo avança a imprensa internacional.

A Bloomberg explica que a empresa alemã admitiu, segundo a Agência norte-americana de Protecção Ambiental (EPA na sigla inglesa), ter ajustado os veículos a diesel nos Estados Unidos com um programa informático que apenas acciona os controlos totais de poluição quando um carro está sujeito a testes oficiais às emissões. Cynthia Giles, da EPA, citada pelo The Guardian, adiantou na última sexta-feira que os carros em questão "contêm software que desligam os controlos de emissões quando estão a ser conduzidos normalmente e que os ligam quando um automóvel é sujeito a um teste às emissões".

O líder da empresa alemã, Martin Winterkorn, já lamentou "profundamente termos quebrado a confiança dos nossos clientes e do público", em comunicado, citado pela imprensa internacional. "A Volkswagen ordenou uma investigação externa a esta questão. Não toleramos nem vamos tolerar qualquer tipo de violações às nossas regras internas ou à lei", acrescentou.

As infracções cometidas pela Volkswagen podem levar a uma multa até 18 mil milhões de dólares (perto de 16 mil milhões de euros). O The Guardian detalha que a construtora pode sofrer multas que ascendem a 37.500 euros por cada carro que não esteja de acordo com as regras.

As acções da empresa alemã estão esta segunda-feira, 21 de Setembro, em forte queda. Por esta altura, os títulos da Volkswagen recuam 19,77% para 130,30 euros e a empresa tem uma capitalização bolsista de 62,2 mil milhões de euros. 

Ver comentários
Saber mais EPA Agência Protecção Ambiental Martin Winterkorn Volkswagen
Outras Notícias