Bolsa Wall Street em alta após Buffet ter investido mil milhões na Apple

Wall Street em alta após Buffet ter investido mil milhões na Apple

As principais praças norte-americanas iniciaram a sessão a negociar em terreno positivo num dia em que o sentimento dos investidores está a ser influenciado pelo investimento de mil milhões de dólares de Buffett na Apple.
Wall Street em alta após Buffet ter investido mil milhões na Apple
Bloomberg
David Santiago 16 de maio de 2016 às 14:45

A negociação bolsista em Wall Street iniciou a semana com um sentimento positivo. O índice tecnológico Nasdaq Composite abriu a sessão a somar 0,25% para 4.729,676 pontos, assim como o índice Standard & Poor’s que começou a semana a ganhar 0,1% para 2.049,55 pontos, isto depois de ambos os índices terem acumulado três semanas consecutivas a desvalorizar.  

 

O S&P 500 terminou mesmo a sessão da passada sexta-feira em mínimos de um mês, com este índice a confirmar dificuldades para retomar uma tendência de ganhos depois de em 20 de Abril ter atingido um máximo de quatro meses. A penalizar este índice estiveram os resultados desapontantes de algumas das maiores retalhistas norte-americanas. Já o índice industrial Dow Jones começou a sessão a avançar 0,14% para 17.559,56 pontos.

 

A marcar este início de semana está a notícia relativa ao investimento de mil milhões de dólares da Berkshire Hathaway, "holding" detida pelo multimilionário Warren Buffett, na tecnológica Apple.

 

Buffett investiu em torno de mil milhões de dólares na compra de 9,81 milhões de títulos da tecnológica liderada por Tim Cook, investimento feito ao longo dos primeiros três meses deste ano. O valor médio pago por acção da Apple foi de 109 dólares. Enquanto a Apple está a ganhar 2,42% para 92,71 dólares, a Berkshire Hathaway cede 0,11% para 141,24 dólares.

 

Ainda a concentrar as atenções dos investidores está o anúncio, feito esta segunda-feira pela própria farmacêutica, de que a Pfizer pretende comprar a Anacor Pharmaceuticals por cerca de 4,5 mil milhões de dólares. Depois de ter falhado a fusão com a Allergan, a Pfizer volta-se agora para negócios de menor dimensão, oferendo 99,25 dólares por cada título accionista da Anacor. A Anacor dispara 54,47% para 98,91 dólares e a Pfizer recua 1,02% para 32,85 dólares.

 

Esta quarta-feira haverá novo motivo de interesse para os investidores. Serão reveladas as minutas relativas ao encontro da Reserva dos Estados Unidos, esperando-se novas pistas sobre a política monetária da Fed. Já esta segunda-feira foram publicados dados que mostram que a actividade industrial na região de Nova Iorque caiu de forma inesperada em Maio. 

Também a animar este início de sessão está a forte subida do preço do petróleo. Em Nova Iorque, o West Texas Intermediate (WTI) está a valorizar 2,66% para 47,44 dólares por barril, o valor mais alto dos últimos seis meses, depois de o Goldman Sachs ter revisto em alta as suas estimativas para o preço do barril. A Chevron aprecia 1,16% para 101,91 dólares e a Exxon sobe 0,68% para 89,99 dólares.

(Notícia actualizada às 14:51)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI