Bolsa Wall Street em queda com impasse no Brexit a ofuscar resultados

Wall Street em queda com impasse no Brexit a ofuscar resultados

As votações no Parlamento britânico, que trouxeram pessimismo à concretização do Brexit, penalizaram o final da sessão em Wall Street.
Wall Street em queda com impasse no Brexit a ofuscar resultados
Reuters
Nuno Carregueiro 22 de outubro de 2019 às 21:59

As bolsas norte-americanas fecharam em terreno negativo, com os investidores dececionados com o persistente impasse no Brexit, o que ofuscou os bons resultados apresentados por algumas cotadas.  

 

O Dow Jones recuou 0,15% para 26.788,10 pontos e o S&P500 cedeu 0,36% para 2.995,99 pontos. O Nasdaq foi o mais pressionado, com uma desvalorização de 0,72% para 8.104,29 pontos.

 

Os deputados britânicos aprovaram a legislação complementar necessária à implementação do acordo de saída, mas logo de seguida chumbaram a calendarização do debate e votação de todo o quadro legal paralelo ao tratado jurídico sobre os termos do divórcio, o que torna quase impossível uma saída do Reino Unido da União Europeia a 31 de outubro.

 

Estas votações agridoces para Boris Johnson colocaram a libra em forte queda, o que agravou o pessimismo dos investidores com a concretização do Brexit. A moeda britânica desce mais de 0,5% e negoceia abaixo dos 1,29 dólares.

 

A contribuir para a queda dos índices estiveram sobretudo as tecnológicas, com o Netflix a descer 4,09% e o Facebook a recuar 3,91%.

 

Até agora, esta época de resultados está a ser positiva para as empresas norte-americanas. Segundo os dados recolhidos pela Reuters, das 75 empresas do S&P 500 que apresentaram resultados até ontem, mais de 80% superou as estimativas dos analistas.

 

Ainda assim, apesar deste cenário, espera-se ainda a primeira contração de lucros desde 2016, com o abrandamento da economia doméstica e global, precipitada pela guerra comercial com a China, em pano de fundo.

 

Entre as empresas, a Procter & Gamble valorizou 2,65% depois de ter ultrapassado a previsão de lucro dos analistas. Pelo mesmo motivo, a Harley-Davidson disparou 7,98%.

Em contraciclo, a ameaça de imposição de novas tarifas sobre brinquedos importados da China atingiu os resultados trimestrais da Hasbro Inc's e hoje as suas ações desceram 16,76%. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI