Bolsa Wall Street fecha em alta a beneficiar de dados económicos

Wall Street fecha em alta a beneficiar de dados económicos

O número de pedidos de subsídio de desemprego diminuiu inesperadamente, enquanto o crescimento da economia, no segundo trimestre do ano, superou as estimativas. Estes factores levaram as bolsas dos EUA a valorizar.
Wall Street fecha em alta a beneficiar de dados económicos
Bloomberg
Sara Antunes 26 de setembro de 2013 às 21:26

O Dow Jones avançou 0,36% para 15.328,30 pontos, o Nasdaq cresceu 0,70% para 3.787,427 pontos e o S&P500 apreciou 0,35% para 1.698,67 pontos, pondo termo ao maior ciclo de perdas deste ano.

 

Os pedidos de subsídio de desemprego nos EUA caíram em 5.000 para um total de 305 mil, na semana passada, de acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho dos EUA. A evolução surpreendeu os investidores, já que os economistas consultados pela Bloomberg previam um aumento dos pedidos para 325 mil.

 

Além de ter sido revelado este indicador, os EUA confirmaram ainda o crescimento do produto interno bruto (PIB) do país no segundo trimestre, período em que a expansão económica foi de 2,5%. Um valor que supera o crescimento dos primeiros três meses do ano (1,1%), mas que ficou ligeiramente aquém das estimativas dos economistas (2,6%).

 

“Ambos os relatórios são bons porque confirmam que a economia está a crescer e o desemprego a cair”, afirmou à Bloomberg Douglas Cote, estratega no ING.

 

Estes dados contribuíram assim para os ganhos entre as cotadas americanas.

 

Do lado oposto está, novamente, a discussão em torno do orçamento e do aumento do tecto da dívida nos EUA. O Departamento do Tesouro americano avisa que o Governo de Barack Obama poderá ficar sem dinheiro antes da data prevista. Caso não haja acordo para o aumento do tecto da dívida pública, o dinheiro disponível pode acabar a 31 de Outubro. Um evento que faz recordar o que aconteceu em 2011, altura em que as agências de “rating” chegaram mesmo a ameaçar cortar a notação financeira do país.

 

A discórdia entre democratas e republicanos, quanto ao aumento do tecto da dívida pública, pode determinar a incapacidade de financiamento da Casa Branca, o que tornará “difícil, senão impossível” que o Governo pague os cerca de 55 mil milhões de dólares, relativos à despesa com a Segurança Social e com os sistemas de saúde e militar, já no dia 1 de Novembro.

 

As acções do sector tecnológico destacaram-se entre os ganhos, com a eBay a subir 4,48% para 56,64 dólares, depois de ter revelado que vai comprar a Braintree por 800 milhões de dólares para expandir o negócio de transacções móveis. A eBay detém o serviço de pagamentos PayPal.

 

A Yahoo também subiu 4,5% para 32,75 dólares, a Amazon avançou 1,75% para 318,12 dólares e o Facebook apreciou 1,88% para 50,39 dólares.

 

Do lado oposto esteve a Alcoa, empresa ligada ao aço, ao perder 0,72% para 8,27 dólares, bem como o sector bancário, com o Citigroup a cair 0,67% para 48,93 dólares e o Bank of America a ceder 0,42% para 14,08 dólares.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI