Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street fecha semana turbulenta em baixa

Os principais mercados acionistas do outro lado do Atlântico encerraram no vermelho, com as tecnológicas, uma vez mais, a estarem entre os piores desempenhos.

Em particular nos Estados Unidos da América, as plataformas digitais de negociação em bolsa são muito utilizadas.
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 18 de Setembro de 2020 às 21:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O Dow Jones fechou a ceder 0,88% para 27.657,42 pontos, ao passo que o Standard & Poor’s 500 recuou 1,12% para 3.319,47 pontos.

 

Já o tecnológico Nasdaq Composite desvalorizou 1,07% para 10.793,28 pontos.

 

Com este desempenho, os principais índices de Wall Street acabaram por marcar a terceira semana consecutiva no vermelho.

 

Os investidores continuam a optar pela prudência depois de a Fed ter dito na quarta-feira que, apesar de prever melhorias na economia, o caminho para a recuperação do país será bastante longo.

 

As tecnológicas voltaram a pesar na tendência, com a Apple a recuar mais de 3%, a Alphabet (dona da Google) a cair mais de 2% e a Microsoft a perder mais de 1%.

 

A influenciar a negociação de hoje nas bolsas esteve a bruxaria quádrupla ("quadruple witching") – que tem este nome porque se dá o vencimento simultâneo de quatro contratos: futuros e opções sobre índices e sobre acções, tanto nos EUA como na Europa.


Este é um dia historicamente mais volátil, especialmente na última hora de negociação, com um elevado volume de transacções. Isto porque os investidores que precisam de fechar posições podem movimentar o mercado a qualquer preço, levando as cotações a oscilarem erraticamente.

Ver comentários
Saber mais wall street dow jones s&p 500 Nasdaq bolsas EUA
Mais lidas
Outras Notícias