Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street recupera de mínimo de dois meses com crescimento do PIB e resultados

Nasdaq foi o índice que mais subiu, beneficiando com subida de 14% do Facebook, que apresentou resultados acima do esperado.

Bloomberg
  • Partilhar artigo
  • ...

As bolsas dos Estados Unidos fecharam a sessão em terreno positivo, com os índices accionistas a recuperarem dos mínimos de dois meses ficados na véspera.

 

A recuperação surgiu depois do Departamento do Comércio norte-americano ter revelado que a economia do país cresceu 3,2% no quarto trimestre e 1,9% no conjunto de 2013 e várias companhias terem anunciado resultados positivos.

 

O índice Nasdaq avançou 1,77% para 4.123,125 pontos, o Dow Jones ganhou 0,7% para os 15.848,61 pontos, depois de ontem ter fechado no valor mais reduzido desde 7 de Novembro. O S&P 500 somou 1,13% para 1.794,19 pontos.

  

As acções norte-americanas têm sido castigadas pela crise nos mercados emergentes, que geram receios de abrandamento na economia mundial.

 

Já a economia norte-americana continua a dar sinais positivos. O crescimento obtido no quarto trimestre, de acordo com a primeira leitura divulgada pelo Departamento do Comércio, ganha relevância pois foi em Outubro que aconteceu a paralisação parcial do Governo.

 

Dan Greenhaus, estratega da BTIG LLC em Nova Iorque sinalizou, em declarações à Bloomberg, que o facto de o crescimento do PIB, no último trimestre de 2013, ter sido acima de 3% é "inquestionavelmente positivo".

 

O Facebook foi a estrela da sessão, com uma valorização de 14%, depois da companhia ter anunciado resultados acima do esperado. Os resultados do Facebook, excluindo itens extraordinários, aumentaram de 17 cêntimos por acção para 31 cêntimos, no quarto trimestre de 2013. Os analistas consultados pela Bloomberg antecipavam lucros de 27 cêntimos. Já as receitas subiram de 1,59 mil milhões de dólares para 2,59 mil milhões, superando igualmente a estimativa dos analistas que apontavam para um valor médio de 2,35 mil milhões.

 

Esta noite é a vez da Google e da Amazon apresentarem contas, sendo que as acções das duas companhias subiram antes de serem conhecidos os números. O motor de busca avançou 2,57% para 1.135,394 dólares e a retalhista online progrediu 4,9% para 403,01 dólares.

 

Ver comentários
Saber mais Estados Unidos Departamento do Comércio Dan Greenhaus Nova Iorque Bloomberg Facebook Google Amazon
Outras Notícias