Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street ajuda Europa a fechar com ganhos; DAX avança 2,79%

As Bolsas europeias conseguiram fechar a subir, beneficiando da recuperação dos mercados accionistas em Wall Street, onde o Dow Jones progredia 1,94%. O DAX crescia 2,79% impulsionado pela E.ON.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 21 de Outubro de 2002 às 17:51
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
As Bolsas europeias conseguiram fechar a subir, beneficiando da recuperação dos mercados accionistas em Wall Street, onde o Dow Jones progredia 1,94%. O DAX crescia 2,79% impulsionado pela E.ON.

O DJ Stoxx50 marcava 2.598,1 pontos, a perder 0,32%, mas os principais índices europeus fecharam com ganhos.

No outro lado do Atlântico o Dow Jones crescia 1,94% e o Nasdaq aumentava 1,08%, sendo que a Bolsa de Frankfurt, ao ser a que mais tarde fecha na Europa, foi a que mais aproveitou a «boleia» de Wall Street.

Na Alemanha os ganhos foram impulsionados pela E.ON, que valorizava 4,6% para os 46,67 euros, depois de ter anunciado a aquisição do negócio da TXU no Reino Unido. O DAX [DAX] liderava os ganhos na Europa, com uma subida de 2,79% para os 3.252,09 pontos.

Em Madrid o IBEX [IBEX] acrescentava 0,34% para os 6.031,4 pontos. A Telefónica aumentava 1,01% para os 8,97 euros, o BBVA cresceu 0,43% até aos 9,29 euros e o Santander valorizou 2,69% para os 6,1 euros.

O CAC40, de Paris, fechou com o mesmo valor de fecho de sexta-feira, nos 3.156,93 pontos. A tecnológica Cap Gemini progrediu 6,85% para os 24,34 euros e a Total Fina desceu 0,85% pressionada pelo declínio do preço do petróleo.

Em Londres o FTSE também fechou com fraca variação, ao verificar uma subida de 0,08% fixando-se nos 4.133,8 pontos. A petrolífera BP caiu 1,42%, a Vodafone deslizou 2,27% mas o Royal Bank of Scotland avançou 1,56%.

A Bolsa de Amsterdão foi das poucas a fechar em queda, com o AEX a descer 0,17% até aos 344,74 pontos. O ABN Amro desceu 2,52% e a seguradora Aegon deslizou 0,97% para os 13,25%.

Ver comentários
Outras Notícias