Bolsa Wall Street alivia de máximos após mais resultados acima das estimativas

Wall Street alivia de máximos após mais resultados acima das estimativas

As principais praças dos Estados Unidos iniciaram o dia a negociar sem tendência definida depois de também a Qualcomm e a General Motors terem apresentado resultados que superaram as expectativas dos analistas.
Wall Street alivia de máximos após mais resultados acima das estimativas
Bloomberg
David Santiago 21 de julho de 2016 às 14:43

O índice industrial Dow Jones abriu a sessão bolsista desta quinta-feira, 21 de Julho, a ceder 0,2% para 18.558,49 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq Composite começou o dia a ganhar ligeiros 0,03% para 5.091,293 pontos.

 

Já o Standard & Poor’s 500 iniciou a sessão de hoje a cair 0,1% para 2.171,34 pontos, depois de ontem ter fechado nos 2.173,01 pontos, valor que representa um novo máximo histórico. Foi a sexta vez em oito sessões que o índice encerrou num novo máximo, o que permite ao S&P 500 já ter recuperado 19% desde o mínimo de 22 meses atingido em Fevereiro.

 

Cerca de 80% das cotadas que compõem o S&P 500 que já divulgaram resultados obtiveram lucros acima das estimativas dos analistas, enquanto 58% superaram as previsões feitas para as vendas.

 

A marcar a sessão em Wall Street estão uma vez mais, portanto, os resultados trimestrais que vêm sendo divulgados. "Todos os lhos estão postos nos lucros [das cotadas], porque claramente têm suportado os mercados ao longo dos últimos dias", diz Peter Dixon, economista do Commerzbank, citado pela agência Bloomberg.

 

Os investidores norte-americanos estiveram também atentos à conferência de imprensa de Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE), que esta quinta-feira anunciou a manutenção da taxa de juro na Zona Euro em mínimos históricos. Draghi deixou ainda uma mensagem de confiança para as instituições financeiras do bloco do euro, que demonstraram "uma resiliência encorajadora" à vitória do Brexit no referendo realizado no Reino Unido.

 

Já na manhã de hoje, foi conhecido o mais recente relatório sobre desemprego, que mostrou que o número de novos pedidos de subsídio de desemprego caiu inesperadamente na semana passada, para o menor nível dos últimos três meses. Os pedidos caíram na semana finda a 16 de Julho de 254 mil para 253 mil.

 

Ainda esta quinta-feira será divulgado um relatório sobre a venda de casas nos Estados Unidos, o que ajudará os investidores a aferir de forma mais consistente o grau de recuperação da maior economia mundial.

 

Tanto a Qualcomm como a General Motors reportaram lucros que superaram as perspectivas dos analistas, o que já levou mesmo a construtora automóvel de Detroit a rever em alta as previsões para os lucros em 2016. A primeira começou a sessão a avançar 7,16% para 59,815 dólares e a segunda a ganhar 3,68% para 32,65 dólares. Já a Intel abriu a sessão a perder 4,16% para 34,205 dólares depois de registado um abrandamento nas vendas da divisão de servidores.

 

Entre as cotada de maior dimensão que apresentam resultados ainda esta quinta-feira estão a Starbucks e a AT&T.

(Notícia actualizada às 14:48)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI