Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street em queda interrompe ciclo de seis sessões de ganhos

Principais índices bolsistas dos Estados Unidos iniciaram a sessão com perdas ligeiras, numa altura em que os investidores estão a incorporar os resultados de várias empresas.

Negócios 23 de Abril de 2014 às 14:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Os principais índices norte-americanos iniciaram a sessão desta quarta-feira, 23 de Abril, em queda, interrompendo assim uma série de seis sessões consecutivas de ganhos, a maior desde Setembro de 2013. Isto numa altura em que os investidores estão a incorporar os resultados apresentados por diversas empresas, desde a AT&T à Boeing.

 

O índice industrial Dow Jones perde 0,06% para 16.504,6 pontos, o tecnológico Nasdaq recua 0,27% para 4.150,05 pontos, e o S&P500 cai 0,1% para os 1.878,40 pontos.

 

A AT&T apresentou lucros de 71 cêntimos por acção e manteve as suas perspectivas de crescimento numa taxa de um dígito. Já a Boeing apresentou resultados que superaram as estimativas dos analistas, impulsionados pela subida da produção de aeronaves comerciais.

 

“Os resultados não têm sido fantásticos neste trimestre. As expectativas já baixaram de forma dramática e o crescimento dos lucros é fraco de ano para ano”, explicou Heinz-Gerd Sonnenschein, estratega do mercado de acções do Deutsche Postbank, citado pela Bloomberg. “O S&P500 está a aguentar-se, mas os investidores vão precisar de mais sinais para começar a comprar no mercado”.

 

O S&P500 vem da maior série de seis sessões de ganhos, apoiado na prestação de cotadas como o Citigroup, Morgan Stanley e Yahoo, que apresentaram lucros acima das estimativas dos analistas, e também na garantia dada pela presidente da Reserva Federal norte-americana, Janet Yellen, de que o banco central está comprometido com a recuperação da economia.

 

Das 134 empresas do S&P500 que já apresentaram resultados, 75% excederam as estimativas dos analistas, enquanto 51% superaram as projecções de vendas, de acordo com os dados compilados pela Bloomberg.

 

Ver comentários
Saber mais Boeing bolsa mercado e câmbios economia negócios e finanças
Outras Notícias