Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Wall Street trava ganhos com receio de retirada de estímulos à economia

Os principais índices norte-americanos fecharam em alta, mas a valorizarem menos do que a meio da sessão. Isto devido aos receios de que a Reserva Federal indique na reunião desta semana que vai mesmo começar a retirar parte dos incentivos económicos.

Bloomberg
Negócios 17 de Junho de 2013 às 21:19
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O índice industrial Dow Jones encerrou a somar 0,73%, fixando-se nos 15.179,85 pontos, ao passo que o índice tecnológico avançou 0,83% para se estabelecer nos 3.452,13 pontos.

 

O Standard & Poor’s 500, por seu lado, terminou a subir 0,4% para 1.633,46 pontos, depois de ter chegado a estar a ganhar 1,2%.

 

A 21 Maio, o presidente do banco central dos EUA, Ben Bernanke, disse que o ritmo de compra de activos, no âmbito da terceira ronda do programa de estímulos à economia (QE3), poderia começar a ser gradualmente abandonado se as condições económicas melhorassem.

 

Esta possibilidade, que muitos comentadores e analistas consideraram prematura, tem pesado na tendência de Wall Street, com as bolsas do outro lado do Atlântico a reagirem aos dados económicos em função da possibilidade de estes levarem a Fed a retirar estímulos mais ou menos cedo.

 

Desde 21 de Maio, aquando da comunicação de Bernanke, o Standard & Poor’s 500 já perdeu 1,9%.

 

Hoje, os mercados accionistas dos EUA começaram a ceder parte dos ganhos da sessão depois de o “Financial Times” ter reportado que Bernanke deverá assinalar – no final da reunião da Fed, no dia 19 de Junho - que o banco central está perto de começar a retirar incentivos à economia.

 

Os dados macroeconómicos hoje divulgados para os Estados Unidos mostraram que o sector manufactureiro da região de Nova Iorque se sentiu mais optimista em Junho, apesar de uma queda das encomendas, das vendas e das contratações no mercado de trabalho.

 

Por outro lado, a confiança dos construtores de casas disparou este mês nos EUA para o nível mais elevado de sete meses, segundo dados hoje apresentados.

 

Na negociação bolsista, o sector tecnológico evidenciou-se pela positiva, com destaque para os ganhos da Google e da Apple.

Ver comentários
Saber mais Wall Street Nasdaq Dow Jones S&P 500 Fed Bernanke
Outras Notícias