Dividendos Jerónimo Martins propõe corte do dividendo para quase metade

Jerónimo Martins propõe corte do dividendo para quase metade

A Jerónimo Martins vai propor a distribuição de um dividendo bruto de 0,325 euros por ação, num total de 204,2 milhões de euros, o que representa metade dos lucros.
Jerónimo Martins propõe corte do dividendo para quase metade
Negócios 27 de fevereiro de 2019 às 17:34

A Jerónimo Martins vai propor a distribuição de um dividendo bruto de 0,325 euros por acção, indicou esta quarta-feira a empresa liderada por Pedro Soares dos Santos em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Esta proposta representa um corte substancial face à remuneração do ano passado, quando a empresa que controla o Pingo Doce remunerou cada ação com 0,613 euros. Em 2017 tinha pago 0,605 euros. A proposta de dividendos para este ano é a mais reduzida desde 2016, quando pagou 0,265 euros referente ao exercício de 2015. No entanto, em novembro de 2015, o grupo pagou um dividendo extraordinário de 0,375 euros. A remuneração relativa ao exercício de 2018 será assim a mais baixa desde o exercício de 2014 (em maio de 2015 a Jerónimo Martins pagou um dividendo de 0,245 euros).

No ano passado, a Jerónimo Martins optou por devolver aos acionistas todos os lucros obtidos em 2017, num valor total de 385,2 milhões de euros.

Apesar do "payout" de 100%, a Jerónimo Martins reiterou, na altura, "a sua política de dividendos, de acordo com a qual, o dividendo a distribuir deve corresponder a um valor entre 40 a 50% dos resultados líquidos consolidados ordinários".

Desta forma, a proposta deste ano cumpre o delineado pela administração da empresa no que concerne à política de dividendos.

A proposta que será apresentada na assembleia-geral de acionistas, agendada para 11 de abril, corresponde à distribuição de 204,2 milhões de euros em dividendo e representa um payout ligeiramente superior a 50% e uma rentabilidade (dividend yield) de 2,46%. 


"A proposta de distribuição de dividendos deixa ao grupo total flexibilidade para acelerar os seus planos de expansão e aproveitar qualquer potencial oportunidade de crescimento não orgânica, mantendo em simultâneo um nível reduzido de dívida líquida", assinala a empresa.

(notícia atualizada às 17:38)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI