Bolsa Jerónimo Martins em máximos de 2013 com possibilidade de dividendo extraordinário

Jerónimo Martins em máximos de 2013 com possibilidade de dividendo extraordinário

As acções da retalhista negoceiam no valor mais alto desde Setembro de 2013, depois de a venda da Monterroio – Industry & Investmets BV ter aberto a porta ao pagamento de um dividendo extraordinário este ano.
Jerónimo Martins em máximos de 2013 com possibilidade de dividendo extraordinário
Rita Faria Nuno Carregueiro 03 de outubro de 2016 às 15:22

As acções da Jerónimo Martins atingiram esta segunda-feira, 3 de Outubro, o valor mais alto dos últimos três anos, reflectindo a possibilidade de a retalhista pagar um dividendo extraordinário este ano.

Os títulos da empresa liderada por Pedro Soares dos Santos (na foto) sobem 1,81% para 15,715 euros, depois de terem tocado nos 15,745 euros, o valor mais elevado desde Setembro de 2013.

Até ao momento, trocaram de mãos 466.146 títulos da Jerónimo Martins, pouco mais de metade da média diária dos últimos seis meses, fixada em 854.256.

A animar a negociação da Jerónimo Martins está a venda da sua participada a 100% Monterroio – Industry & Investmets BV – uma operação concretizada na sexta-feira e que resultará numa mais-valia de 75 milhões de euros – que abre a porta ao pagamento de um dividendo extraordinário este ano.  

Após esta operação, não é "de excluir a possibilidade de a empresa proceder ao pagamento de um dividendo extraordinário durante o exercício de 2016", refere André Rodrigues, analista do CaixaBI, numa nota de análise divulgada esta segunda-feira.

 

Em Maio, a retalhista pagou um dividendo ordinário de 26,5 cêntimos por acção, referente ao exercício do ano passado. Contudo, em Dezembro, já tinha desembolsado uma remuneração extraordinária de 37,5 cêntimos por acção.

 

De acordo com a Bloomberg, os analistas estimam que a Jerónimo Martins pague um dividendo bruto de 31,5 cêntimos por acção. As previsões do CaixaBI apontam para um dividendo de 32 cêntimos por acção, com um lucro por acção ajustado de 64 cêntimos. Para 2017 as estimativas do mesmo banco apontam para um dividendo de 37 cêntimos.

 

As acções da Jerónimo Martins acumulam uma valorização de 31,1% este ano. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI