Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Acções da Galp Energia "não incorporam valor da exploração de petróleo"

O CaixaBI continua a considerar que as acções da Galp Energia estão "atractivas" e sublinha que o actual valor de mercado "não incorpora o valor da exploração de petróleo". Ainda assim, cortou o "target" para 13,30 euros, reflectindo a revisão em baixa das previsões para os preços da matéria-prima.

Paulo Moutinho 16 de Janeiro de 2009 às 17:29
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
O CaixaBI continua a considerar que as acções da Galp Energia estão “atractivas” e sublinha que o actual valor de mercado “não incorpora o valor da exploração de petróleo”. Ainda assim, cortou o “target” para 13,30 euros, reflectindo a revisão em baixa das previsões para os preços da matéria-prima.

“Revimos o nosso preço-alvo de 2009 da Galp Energia para 13,30 euros”, dos 14,40 euros anteriores, uma redução de 7,6%, e “mantivemos a nossa recomendação de ‘comprar’”, refere o CaixaBI. Dada a cotação de fecho das acções da petrolífera liderada por Ferreira de Oliveira, de 7,77 euros, a Galp Energia apresenta um potencial de subida de 71,17%.

O banco de investimento sublinha que o corte na avaliação reflecte “a actualização das previsões para o petróleo em 2009 [de 95 dólares para 65 dólares] e 2010 [de 100 dólares para 85 dólares]”. O CaixaBI sustenta a descida do “target” também com a “a quebra verificada nas margens de refinação”.

“Continuamos a considerar que a Galp Energia omo uma acção atractiva no mercado de capitais português dado que a unidade de exploração e produção não está, virtualmente, incorporada na actual avaliação”, refere o analista Carlos Jesus. Além disso, “consideramos que os actuais preços do petróleo são insustentáveis no médio prazo”, conclui.



Ver comentários
Outras Notícias